Viva la Revolution! Super Nintendo Revolution tem design futurista, controles wireless e entrada USB

super-nintendo-revolution_1
Adeus cartuchos! Super Nintendo Revolution funcionaria com ROMs do Super NES. Clique para ampliar.Imagem: Alejandro Duque / Behance

Não há console de videogame mais querido no mundo do que o clássico Super Nintendo. Já pensou se existisse um que ao invés de cartuchos pudéssemos jogar com ROMs? Esta é a ideia do projetista industrial colombiano Alejandro Duque. Ele redesenhou o Super NES dando a ele uma cara mais futurista. Veja mais informações sobre o console a seguir:

super-nintendo-revolution_2
Inesquecível. Alejandro cuidou para que o design clássico do console fosse mantido. Clique para ampliar.Imagem: Alejandro Duque / Behance

Apelidado pelo criador de Super Nintendo Revolution, o aparelho tem as mesmas dimensões e um formato muito parecido com o formato original. Os controles também são muito parecidos. A diferença é que no console, ao invés de uma entrada larga para os cartuchos há apenas uma entrada USB, para que possamos inserir pen drives com ROMs do Super NES.

Outra diferença impactante, porém muito bem feita, está nos controles, que ganharam curvas e um design mais “clean”, graças à conexão wireless que eliminou os fios. A cor preta com linhas de cor lilás deram o acabamento final, que o deixou com um aspecto futurista.

super-nintendo-revolution_3
Sexy! Com linhas curvas e ausência de fios, os controles ficaram elegantes. Clique nas imagens para ampliar.Imagem: Alejandro Duque / Behance
super-nintendo-revolution_4
Imagem: Alejandro Duque / Behance
super-nintendo-revolution_5
Imagem: Alejandro Duque / Behance

É uma pena o projeto de Alejandro não passar de um conceito, a Nintendo poderia pensar seriamente em algo do tipo, com certeza muitos comprariam. Viva la Revolution!

[Behance / PxlByte]

Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
AUTOR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também: