CLOSE

O Avanço das Plataformas Digitais no Meio Acadêmico

Plataformas digitais para trabalhos acadêmicos
Plataformas digitais avançam no meio acadêmico no contexto de pandemia e isolamento atual. Foto: Yanalya

Ao longo dos anos, com o avanço crescente da globalização e da tecnologia, a forma convencional de se pesquisar através de livros e artigos impressos em papel vem sendo substituída pelo emprego de mídias digitais. Óbvio, a busca pautada em livros e enciclopédias jamais irá morrer, no entanto, cada vez mais se mostra necessário um domínio pleno de tecnologia para divulgação de pesquisas, trabalhos acadêmicos científicos e diversos outros projetos.

A existência das plataformas digitais, no meio acadêmico, já é uma realidade, ainda mais em um contexto de pandemia e isolamento. A seguir, iremos discutir um pouco mais sobre alguns exemplos de plataformas digitais e suas diversas aplicações e funcionalidades.

O cenário que temos nos dias de hoje, excluindo o fator pandemia da equação, é de modernização dentro dos campi universitários ao redor do mundo e de modernização da ciência como um todo. Não é à toa que trabalhos acadêmicos sobre qualquer assunto e área sejam divulgados de forma digital, majoritariamente, nos dias de hoje.

Plataformas como o SciHub, as versões digitais e páginas em redes sociais de revistas científicas como a Science e a Nature são claras provas da onda digital que varre o ambiente acadêmico e o mundo como um todo, nos dias de hoje.

Sites para busca e oferta de serviços para trabalhos acadêmicos

Uma classe de plataformas online que tem se popularizado muito ultimamente são as de ofertas e busca de serviços específicos. Existem inúmeras a serem citadas aqui, no entanto, teremos um enfoque específico em uma plataforma em questão para nos atermos ao âmbito acadêmico. A plataforma em questão é a MyStudyBay (basta uma simples busca no google para dar uma olhada) e ela oferece inúmeros tipos de serviços, desde tutoria até a formatação e edição de textos acadêmicos. 

Portanto, se você por acaso precisa de uma formatação de texto rápida, tem dúvida em algum tópico específico de sua tese, ou quem sabe como elaborar a justificativa de seu projeto de pesquisa, a MyStudyBay pode lhe fornecer uma gama interessante de profissionais, graduandos e ex-estudantes prontos para lhe auxiliar.

Outras plataformas de ofertas e busca de serviços, porém com enfoque mais generalista, dignas de serem citadas são a Lionbridge e a Appen. Ambas plataformas possuem um nicho mais voltado para avaliação de ferramentas de busca e outros serviços que visam otimizar a atividade de serviços de busca e inteligências artificiais.

Ferramentas de busca voltadas para artigos

É interessante, também, ressaltarmos que existem plataformas específicas voltadas para a busca e consulta de artigos de forma online. Algumas a serem evidenciadas são o SciHub, cuja história por si só merece um artigo exclusivo. O Google Scholar é outra plataforma que permite a busca e consulta de diversos artigos. 

Portanto, se você é um graduando, está na academia e precisa de referências, ideias para temas, inspiração para trabalhos acadêmicos, ou simplesmente curiosidade sobre ciência e pesquisa em geral; a fonte para ser utilizada é o Google Scholar ou o SciHub. O Scholar pode oferecer uma interface mais intuitiva e simplista, que relembra a versão geral do Google, já o SciHub pode ser um pouco menos intuitivo. No entanto, o intuito de ambos é a facilitação para a busca de artigos científicos de forma online.

Revistas científicas

Atualmente também existem as versões digitais de praticamente todas as revistas científicas ao redor do mundo. O mundo digital é a linguagem falada e exercida pela ciência nos dias de hoje. Basta acessar o site de clássicas revistas como a Nature e a Science, ou até seguir e acompanhar as respectivas redes sociais, para poder estar por dentro das mais variadas novidades do mundo científico.

Publicações das mais diversas áreas (das ciências biológicas e naturais, até as ciências exatas e engenharias) são retratadas e acompanhadas diariamente no Instagram, Facebook e outras plataformas destas e outras revistas científicas. Portanto, o cerne deste artigo é a maneira como a ciência vem invadindo o mundo digital e permitindo acesso cada vez mais inclusivo às inovações acadêmicas e tecnológicas, o que é sensacional.

Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
AUTOR
  • • veja também: