Telefônica é impedida de vender Speedy pela Anatel por má qualidade de serviços.


Telefônica é impedida de vender Speedy pela Anatel por má qualidade de serviços.Parece até mentira, mas não é. Devido às constantes falhas em seu serviço de banda larga Speedy, a prestadora Paulista Telefônica será proibida pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), à partir da próxima semana, de comercializar o serviço. A medida, que tem caráter cautelar, será publicada no “Diário Oficial da União” na próxima segunda-feira dia 22. A medida será válida até a Telefônica comprovar que está tomando medidas para melhorar a qualidade do serviço. Segundo a Anatel, espera-se que isso seja feito em 30 dias. Caso a telefônica desrespeite a medida será multada em 15 milhões de reais mais R$1.000,00 por novo assinante durante o vigor da medida. Caso algum cliente queira assinar o serviço durante a vigência, a Telefônica (sob determinação da Anatel) deverá obrigatoriamente informar aos clientes a seguinte mensagem: “Em razão da instabilidade da rede de suporte Speedy, a Anatel determinou a suspensão, temporariamente, da sua comercialização”. A Telefônica não se manifestou à imprensa afirmando que “não foi informada oficialmente sobre o caso”. O prejuízo será enorme para a prestadora, mas é muito maior para seus “mal tratados” clientes.

Você leitor, possui serviço de banda larga? Qual? Já teve algum problema com o Speddy? Comente!

[Via FolhaOnline]

Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
AUTOR

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também:

  • AUTOR

    2 respostas

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também: