Brasil Ainda Sofre com Falta de Segurança Digital em 2022 – Saiba Como Melhorar

A segurança digital tem preocupado muita gente atualmente, pois a tecnologia digital transformou drasticamente o cotidiano profissional e pessoal de milhares de pessoas: em especial durante os anos de isolamento social. Isto porque passamos a depender cada vez mais de computadores e smartphones para nosso trabalho, para as conversas com amigos e família, e até para o lazer.

Diversas empresas migraram parcialmente ou totalmente para o regime de home office, e muitas já alertaram que mesmo com o fim da quarentena continuarão a trabalhar através de meios digitais.

As vantagens são inúmeras, os arquivos digitais podem ser facilmente copiados, compartilhados, podem desfrutar de recursos multimídia e não ocupam espaço físico em nossos ambientes. Mas como toda ferramenta, a internet e os computadores também contam com desvantagens e usos indevidos.

No Brasil, desde 2020 o número de ataques de malware cresceu em mais de 300%, e diversas empresas se tornaram alvo de ransomware, phishing e outros golpes que visam roubar dados confidenciais, tornar os arquivos reféns, ou inutilizar os computadores dos alvos. Por isso, selecionamos as melhores dicas de segurança digital para blindar seus dispositivos em 2022.

Protegendo a conexão com a internet e e-mails

A conexão com a internet faz a intermediação entre nossos aparelhos e o mundo externo. A troca imediata de informações caracteriza o mundo que conhecemos hoje, mas também, pode expor o computador a diversos agentes mal intencionados. Por isso, precisamos começar protegendo nossa conexão.

Escolha senhas seguras

Dados de uma pesquisa publicada pela ExpressVPN mostram que, infelizmente, os brasileiros ainda cometem o erro de usar senhas extremamente comuns, previsíveis e perigosas em suas contas de redes sociais, emails, aplicativos de banco e outros serviços online. Senhas como “12345678” e “asdfghj”, além de “brasil” e “futebol” dominam o ranking de senhas mais usadas pelos brasileiros, e são imediatamente quebradas por algoritmos de invasão. E basta que um invasor descubra como acessar seu endereço de email para imediatamente conseguir acesso a todos os outros cadastros.

Por isso, é importante elaborar uma senha segura:

  • Não repita senhas: para cada site ou cadastro, crie uma senha nova. Usar um gerenciador de senhas permite que isso seja feito com facilidade e sem necessidade de decorar.
  • Use senhas fortes: senhas fortes podem ser criadas de forma aleatória, misturando números, letras e símbolos, como “A$gTY7v]” ou utilizando a técnica das palavras, escolhendo três palavras separadas por hífen como “mexilhão-caramelo-estrada”.

Segurança do roteador

Outro ponto importante é garantir que o roteador, dispositivo responsável por enviar e receber os pacotes na rede, esteja protegido e configurado com as melhores práticas de segurança digital. Para isso, basta acessar a página de configurações do roteador e verificar alguns pontos: 

  • Desative o WPS: o recurso WPS é pouco útil e é vulnerável ao ataque de força bruta, capaz de burlar a senha da rede Wi-Fi. 
  • Elabore boas senhas: um método para elaborar senhas seguras é criar pequenas frases com palavras simples separadas por hífen: “elefante-carmim-volante”
  • Selecione o modo WPA2-PSK: alguns roteadores usam o modo WEP por padrão. O protocolo WEP é facilmente quebrado e deixa a rede desprotegida.
  • Ative o canal 5GHz: as bandas de 5GHz possuem menor alcance, porém, significativamente maior banda e velocidade, permitindo uma maior eficiência na rede.

Protegendo o computador

Backup e criptografia de arquivos

O principal medo da grande maioria dos usuários é a perda ou roubo de documentos importantes no computador. Por isso, é importante adotar uma estratégia de backup automático e de proteção para os arquivos.

O backup pode ser realizado de forma ágil através do uso de programas de sincronização em nuvem, como o Microsoft OneDrive e Google Drive. O software cria uma pasta que pode ser acessada em qualquer lugar, e que automaticamente sincroniza as alterações nos documentos.

Já para quem precisa de uma camada extra de proteção para o computador, é possível ativar a criptografia de arquivos ativando o recurso BitLocker do Windows. Com ele, mesmo que um computador seja perdido, o conteúdo jamais poderá ser lido sem a senha do usuário.

Dicas de segurança digital

Por fim, algumas dicas podem ajudar ainda mais a garantir a segurança digital ao usar o computador:

  • Criptografia de arquivos: arquivos especialmente sensíveis podem ser protegidos com uma segunda camada de criptografia e uma senha própria, através do uso de programas como o AxCrypt e VeraCrypt. 
  • Atualização do sistema: as correções de segurança para vulnerabilidades conhecidas são distribuídas através das atualizações do sistema, por isso, é fundamental sempre executar a versão mais recente do sistema operacional.
  • Programa antivírus: o uso de um pacote anti malware pode prevenir ataques conhecidos e ameaças escondidas em outros programas e arquivos, e pode ser essencial para proteger o computador. 

Agora você já sabe as melhores maneiras de proteger seus dados profissionais e pessoais em 2022, as dicas de segurança digital devem sempre fazer parte dos hábitos de sua vida digital para evitar os constantes ataques que ameaçam os usuários de computadores.

AUTOR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • • veja também:

  • AUTOR

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • • veja também: