CLOSE

6. Moedas

coisas-estranhas-raio-x_6

Lembra do Tio Patinhas? Um homem de 62 anos com um histórico de problemas psiquiátricos foi parar na sala de emergência de um hospital nos EUA em 2002, sofrendo de fortes dores de estômago. A surpresa? Após um raio-x constataram a presença de cerca de 350 moedas (no valor total de US$ 650), juntamente com colares variados e agulhas. O peso dos objetos era tão grande que forçou o estômago dele para baixo entre seus quadris.


7. Ímãs

coisas-estranhas-raio-x_7

Haley Lents (8) de Huntingburg, Indiana, EUA, encontrou pequenos e brilhantes objetos metálicos no quintal de sua casa e pensou que eram doces. Os pais só descobriram que o aspirante a “Magneto” havia ingerido os ímãs posteriormente. Os ímãs chegaram até os intestinos da criança até que então fossem removidos pela equipe médica.


8. Uma mola de colchão

coisas-estranhas-raio-x_8

Raios-X da Prisão Central em Raleigh, na Carolina do Norte, EUA, revelaram uma nova artimanha que os presidiários estavam usando na tentativa de fugir da prisão: Eles engolem objetos metálicos, como a mola de colchão aí de cima por exemplo, com o intuito de garantir viagens externas para os hospitais, facilitando a fuga ou o resgate pelos comparsas.


9. Cabelos, ou praticamente uma peruca inteira de cabelo

coisas-estranhas-raio-x_9

Uma mulher de 18 anos da Inglaterra – que preferiu não se identificar – procurou o hospital de sua cidade alegando ter fortes dores no estômago e após ter perdido cerca de 18 quilos. Em seu estômago, os médicos encontraram um enorme aglomerado de cabelo, que preencheu praticamente O estômago inteiro da moça. A paciente disse que tinha o hábito de comer seu próprio cabelo. Pra garantir que nenhum fio de cabelo ficasse para trás, os médicos optaram por uma cirurgia.


10.Um feto humano em um homem

coisas-estranhas-raio-x_10

Sempre ouvi falar que a Índia é o berço das bizarrices humanas do mundo, e este caso me deixou ainda mais convencido disso. Um indiano de 36 anos chamado Sanju Bhagat sempre foi ridicularizado por seu enorme estômago, até que em 1999 ele passou a sentir fortes dores abdominais. Após um exame de raio-x eles descobriram o motivo, Sanju tinha um feto em sua barriga. Ele tinha de uma rara anormalidade conhecida como Fetus in fetu, onde um feto “engole” seu irmão gêmeo no ventre da mãe durante a formação. Sanju conviveu com seu irmão na barriga (que de uma forma incrível se alimentava através do corpo dele) durante 36 anos. Bizarro!

[L25]

Páginas: 1 2

veja também: