A operadora e provedora Telefônica irá interromper, por 90 dias, a cobrança de multa pela rescisão de contrato do seu serviço de banda larga Speedy. A determinação partiu do MPF (Ministério Público Federal) de SP. Conforme já anunciado aqui na R’NT anteriormente, nos últimos meses, o Speedy tem enfrentado diversos problemas, o que levou a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) proibir a empresa de vender novas assinaturas por um determinado período, até que a Telefônica implementasse medidas para melhorar o serviço. A Telefônica já apresentou à agência um plano no último dia 26, onde pretende investir R$ 70 milhões, em três etapas, com o objetivo de melhorar o sistema do serviço Speedy. Em 2008, foram investidos R$ 500 milhões em redes de dados. Toda punição é pouca em relação à pobre qualidade de seu atendimento e serviços.

veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!

close-link