Vem aí um celular movido à pilha!

Vem aí um celular movido à pilha!

Pensando nos aventureiros, seja na floresta ou na selva de pedra, a Olive Telecom vai lançar um celular movido à pilha. […] […] O modelo FrverOn V-G2300 é o primeiro celular a funcionar com uma pilha AAA. Por ser um aparelho simples, com rádio, tela de 1,5 polegadas e toques polifônicos, as pilhas não são muito exigidas. Por isso, de acordo com o fabricante, ao utilizá-las, o usuário pode ter mais uma hora de vida no aparelho caso se esqueça de recarregá-lo ou vá para algum lugar onde não tenha energia elétrica. O FrverON (que é uma abreviação de ForeverON, sempre ligado em inglês) é um dos mais baratos da categoria, com preço estimado em 25 euros (aprox. R$ 60). Além das pilhas, ele funciona com baterias de Ion-Lítio, que duram em média três horas.

[include slug="edit-post"]
AUTOR

Respostas de 2

  1. Caracas, que máximo!
    Estratégia interessante, pena que tem de ficar carregando o tempo todo, mas na emergência, qualquer buteco pode te ajudar a fazer uma ligação! hehehe

  2. Pois é, o problema é o "ecologicamente correto" né? Afinal, uma pilha que dura apenas uma hora e é jogada fora, causa mais poluição do que inovação. Mas a ideia não deixa de ser boa. Tomara que o celular aceite pilhas recarregáveis.

    Abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

• veja também:

• posts recentes

• recomendados para você:

About this. | Saiba mais sobre estes links aqui.

• parceiros:

• veja também:

• publicidade:

AUTOR

Respostas de 2

  1. Caracas, que máximo!
    Estratégia interessante, pena que tem de ficar carregando o tempo todo, mas na emergência, qualquer buteco pode te ajudar a fazer uma ligação! hehehe

  2. Pois é, o problema é o "ecologicamente correto" né? Afinal, uma pilha que dura apenas uma hora e é jogada fora, causa mais poluição do que inovação. Mas a ideia não deixa de ser boa. Tomara que o celular aceite pilhas recarregáveis.

    Abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também: