GE cria lâmpada híbrida para usuários insatisfeitos.

GE cria lâmpada híbrida para usuários insatisfeitos.

Eu não sou do tipo que gosta de reclamar das coisas, mas existem muitos que ainda não se acostumaram com as lâmpadas eletrônicas por acharem sua iluminação insuficiente para suas necessidades. Talvez esta seja o causa que tenha levado a GE a criar mais uma opção de lâmpada para o nosso cotidiano, uma nova lâmpada híbrida, composta por uma lâmpada halógena pequena envolvida por uma lâmpada fluorescente, igual a estas eletrônicas que temos em casa.

O objetivo da construção da lâmpada é oferecer uma iluminação eficiente e muito mais rápida (tempo aprox. de 0,5 s para se acender) como opção em substituição às lâmpadas fluorescentes convencionais. Quando a lâmpada é energizada as duas lâmpadas se iluminam, porém por padrão a fluorescente demora um pouco mais de tempo até atingir seu brilho máximo, a halógena se encarrega de preencher esta lacuna. Isto acontece até a lâmpada fluorescente atingir seu brilho máximo, então a halógena se desliga para evitar o consumo desnecessário de energia. As novas lâmpadas híbridas estarão disponíveis primeiramente nos EUA e Canadá à partir do ano que vem, nas versões de 15 e 20 watts, projetadas para substituir as lâmpadas incandescentes de 60 e 75 watts respectivamente. A empresa ainda não divulgou quando elas chegarão em outros países nem o preço delas.

[Via OhGizmo]

Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
AUTOR

Uma resposta

  1. Poxa, gente! Tudo bem reclamar – também reclamo quando vejo necessidade – mas reclamar que a lâmpada não ilumina o suficiente é demais! =/
    No meu antigo imóvel a luminária central tinha bocal para 3 lâmpadas. Com uma lâmpada apenas, fica meio escuro. Então coloquei 3 e ficou claro demais, aí fiquei só com duas e achei perfeito. Então é uma questão de ter mais ou menos lâmpadas num ambiente e não mudar as lâmpadas! o.O E as pessoas reclamarem de 1 segundo a mais perdido porque a lâmpada "não acende imediatamente"?!?! Que gente tensa! E não podemos esquecer que as lâmpadas eletrônicas vieram com a função de consumirem menos energia e por isso serem ecológicas, além de durarem mais e necessitarem de menos reposição. Então criar lâmpadas híbridas é um retrocesso. Que falta de bom senso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também:

  • AUTOR

    Uma resposta

    1. Poxa, gente! Tudo bem reclamar – também reclamo quando vejo necessidade – mas reclamar que a lâmpada não ilumina o suficiente é demais! =/
      No meu antigo imóvel a luminária central tinha bocal para 3 lâmpadas. Com uma lâmpada apenas, fica meio escuro. Então coloquei 3 e ficou claro demais, aí fiquei só com duas e achei perfeito. Então é uma questão de ter mais ou menos lâmpadas num ambiente e não mudar as lâmpadas! o.O E as pessoas reclamarem de 1 segundo a mais perdido porque a lâmpada "não acende imediatamente"?!?! Que gente tensa! E não podemos esquecer que as lâmpadas eletrônicas vieram com a função de consumirem menos energia e por isso serem ecológicas, além de durarem mais e necessitarem de menos reposição. Então criar lâmpadas híbridas é um retrocesso. Que falta de bom senso!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também: