Associação Americana antipirataria está de olho no Brasil.

Por: - 20/02/10 às 02:01 pm
16 visualizações
SegurançaTendências

Conforme o relatório da International Intellectual Property Alliance (IIPA) divulgado na quinta-feira (18), o Brasil ainda permanece na lista “negra” de observação do governo americano por não estar dando devida importância aos direitos de propriedade intelectual de empresas americanas. A IIPA é uma organização forte que representa mais de 1.900 produtores de conteúdo e material protegido por leis de propriedade intelectual. Segundo a organização, o país precisa urgentemente aumentar as ações policiais antipirataria, promover a criação e formação de forças-tarefa em locais considerados “preocupantes” e vigiar a fronteira com o Paraguai (faz-me rir!), entre outras medidas. Um dos pontos interessantes do relatório é […] […] a citação nominal da Universidade de São Paulo, sugerindo que ela reverta sua norma administrativa que permite a cópia de partes de livros pelos estudantes nos centros de cópia das faculdades (quem será que “dedou” isso a eles?) Para o diretor-geral da Business Software Alliance no Brasil, Frank Caramuru, não houve mudanças significativas em relação ao relatório de 2009. “A inclusão do Brasil na ‘watch list’ significa que a situação no país não é a ideal, mas também não é a das piores” para a organização americana. Esta será uma batalha árdua do Governo visto que eles indiretamente acabam incentivando a pirataria devido ao valor absurdo dos impostos em produtos supérfluos como CDs e eletrônicos no Brasil. Por exemplo, alguém lendo este post tem um Windows Original que não tenha sido incluso na compra do seu PC? Sou neutro neste sentido, pois acabo entendendo os motivos dos usuários que baixam ou compram produtos pirateados. Procuro comprar original, mas como aqui no Brasil fica difícil fazer isso, sempre que preciso compro diretamente dos EUA.

[Via PCWorld]

veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!

close-link