CLOSE
invencoes-criadas-acidentalmente_14

É difícil até imaginar como alguns produtos foram idealizados, como alguém pôde ser tão criativo a ponto de criar algo como um forno microondas, fogos de artifício ou até mesmo batatas chips? Você talvez se surpreenda ao descobrir que não houve “criatividade” por trás destas criações, são invenções criadas sem querer.

Algumas das maiores invenções que usamos hoje são frutos de simples “erros” que cientistas cometeram tentando inventar outra coisa, muitas vezes bem diferente do que acabaram criando. Prepare-se para se surpreender com a história por trás da criação de 15 produtos que você provavelmente já usou ou consumiu pelo menos uma vez na vida, e que foram criados acidentalmente:


1. Mola maluca

Mola maluca

Inventor: Richard Jones, um engenheiro naval.
O que ele pretendia fazer: Um medidor projetado para monitorar energia em navios de guerra.
Como foi criado: Richard estava trabalhando com molas quando uma delas escapou e caiu no chão, a mola continuou descendo daquela forma que a gente conhece, dando origem ao novo brinquedo.


2. Penicilina

Sir Alexander Fleming

Inventor: Sir Alexander Fleming, um cientista.
O que ele pretendia fazer: Ironicamente, Alexander buscava por um remédio milagroso, que fosse capaz de curar qualquer doença. Mas somente quando ele deixou de lado seus experimentos que ele encontrou o que queria.
Como foi criado: Fleming notou que uma placa de Petri contaminada que ele havia descartado, continha uma substância que estava dissolvendo todas as bactérias ao redor dela, quando ele estudou melhor, foi-se descoberto um poderoso antibiótico, a penicilina.


3. Cookies americanos

Cookies

Inventora: Ruth Wakefield, proprietária da pousada Toll House.
O que ela pretendia fazer: Biscoitos de chocolate comuns.
Como foi criado: Enquanto fazia uma remessa de biscoitos, Ruth reparou que estava sem chocolate de padaria, como substituto ela dividiu uma barra comum de chocolate em diversos pedaços e os adicionou na massa, esperando que eles fossem derreter para fazer o biscoito de chocolate, mas os pequenos pedaços ficaram firmes e o novo tipo de biscoito nasceu.


4. Batata chips

Batata chips

Inventor: George Crum, um chefe de cozinha.
O que ele pretendia fazer: Um prato de batatas fritas.
Como foi criado: Um dia um cliente enviou de volta para a cozinha diversas vezes um prato com batatas fritas, pedindo que elas fossem cortadas mais finas e que fossem fritas novamente. George perdeu a cabeça e cortou as batatas da forma mais fina que conseguiu e fritou até que secassem, e para a surpresa, o cliente mala adorou e um novo prato foi inventado.


Publicidade



5. O marca-passos

Raio-x marca-passos

Inventor: John Hopps, um engenheiro elétrico.
O que ele pretendia fazer: John fazia uma pesquisa sobre hipotermia, e estava tentando usar rádio frequência para restaurar a temperatura corporal.
Como foi criado: Durante um de seus experimentos ele reparou que se um coração parasse por causa do frio, ele poderia ser estimulado artificialmente a voltar a bater, essa inspiração o levou a criar o marca-passos.


6. Massinha Silly Putty

Silly Putty

Inventor: James Wright, um engenheiro da General Electric.
O que ele pretendia fazer: Durante a segunda guerra mundial, os Estados Unidos precisavam de rodas de avião, botas para soldados, e vários outros utensílios feitos de borracha. James tentava desenvolver um substituto para a borracha usando silicone, que era mais fácil ser encontrado naquela época.
Como foi criado: Em testes usando óleo de silicone, Wright adicionou ácido bórico na substância, o resultado foi uma massa que quicava, mesmo ninguém tendo algum uso pra isso na época, o brinquedo foi criado. Se você não sabe o que é isso, veja neste vídeo.


7. Forno microondas

Forno microondas antigo

Inventor: Percy Spencer, um engenheiro na corporação Raytheon.
O que ele pretendia fazer: O engenheiro conduzia experimentos relacionados a radares usando um tubo de vácuo.
Como foi criado: Percy reparou que a barra de chocolate em seu bolso começou a derreter com o decorrer dos experimentos. Ele tentou usar milho de pipoca e quando eles também estouraram ele percebeu que havia descoberto uma forma de criar um aparelho revolucionário.


8. Sacarina (adoçante artificial)

adoçante artificial

Inventor: Constantine Fahlber, um pesquisador da universidade Johns Hopkins.
O que ele pretendia fazer: Ele pesquisava a oxidação da substância conhecida como o-toluenesulfonamide.
Como foi criado: A descoberta aconteceu quando ele esqueceu de lavar as suas mãos. Ele derramou um pouco do componente nas suas mãos e quando foi comer reparou que seu pão estava adocicado. O pesquisador imediatamente solicitou uma patente e produziu seu produto em massa.


9. Fogos de artifício

Fogos de artifício

Inventor: Algum cozinheiro chinês.
O que ele pretendia fazer: De acordo com a lenda, o cozinheiro estava testando novos pratos.
Como foi criado: Um cozinheiro acidentalmente misturou carvão, enxofre e salitre, itens comuns em cozinhas de 2000 anos atrás. Quando a mistura foi comprimida em um bambu, ela simplesmente explodiu.


10. Protetor para tecidos Scotchgard

Protetor para tecidos Scotchgard

Inventora: Patsy Sherman, uma química da 3M.
O que ela pretendia fazer: Sherman foi incubida de desenvolver um material plástico que não deteriorasse ao contato com combustíveis de aeronaves.
Como foi criado: Ela acidentalmente derrubou a mistura que ela estava trabalhando em seus sapatos, e enquanto o resto do sapato ficou sujo e manchado, uma parte permaneceu limpa e brilhante, assim ela identificou o componente que fez com que o tecido fosse protegido e criou o componente hoje conhecido como Scotchgard.


11. Cereais matinais

Cereais Matinais

Inventores: Os irmãos Kellogg, John e Will.
O que eles pretendiam fazer: Uma receita de grãos fervidos.
Como foi criado: Os irmãos esqueceram uma vasilha com os grãos fervidos no fogão por alguns dias, a mistura ficou mofada mas os grãos que emergiram eram grossos e resistentes. Depois de alguns outros experimentos eles conseguiram eliminar o mofo e criaram os cereais.


Publicidade



12. LSD como droga

LSD

Inventor: Albert Hofmann, um químico.
O que ele pretendia fazer: Ele estudava derivados do ácido lisérgico.
Como foi criado: Hofmann sem querer engoliu uma pequena quantidade de LSD enquanto estudava suas propriedades e foi a primeira pessoa a vivenciar os efeitos da droga.


13. Impressoras de jato de tinta

Impressora jato de tinta Canon

Inventor: Um engenheiro da Canon.
Como foi criado: Depois de deixar seu ferro de solda por cima da sua caneta por acidente, ele reparou que tinta foi ejetada logo depois. Esse princípio levou a criação da impressora.


14. Post-its, uma das mais simples invenções criadas sem querer

Post-its

Inventor: Spencer Silver, um pesquisador da 3m.
O que ele pretendia fazer: Um adesivo mais forte.
Como foi criado: Enquanto trabalhava ao invés de criar o tal do adesivo mais forte, ele acabou criando um mais fraco. Ele colava nos objetos com facilidade, mas permitia que fosse removido sem deixar marcas. Anos depois um colega de trabalho dele usou a cola em pedaços de papel para marcar seus hinos num livro de coral, então surgiu a ideia de criar os bilhetes de anotações.


15. Raio-x

Raio-x

Inventor: Wilhem Roentgen, um físico meio excêntrico.
O que ele pretendia fazer: Ele estudava as propriedades dos tubos de raios catódicos.
Como foi criado: Enquanto ele estava passando luz através dos tubos, ele notou que papeis fluorescentes eram iluminados mesmo sua máquina tendo uma proteção opaca e, voilá, sem querer surgiu uma das melhores invenções criadas sem querer, o raio-x.

[BI]


Publicidade


veja também: