Barbies invadem pinturas clássicas. O resultado é perturbador

pinturas-classicas-com-barbies_8

A artista francesa Catherine Théry recriou pinturas clássicas famosas utilizando Barbies como modelos no lugar dos modelos que conhecemos. O interessante é que na maioria dos quadros ela não usou as bonecas de plástico como você conhece, ela “pintou” as bonecas na mesma cena e situação das pinturas originais. Se esperava encontrar pinturas coloridas dedicadas para o público infantil, esqueça. Algumas obras talvez tenham ficado mais perturbadoras do que as próprias pinturas originais.

Seus quadros foram expostos em uma galeria chamada Teodora, em Paris, França, com o título “Not the ones you think” (“Não aqueles que você imagina”). Como você verá a seguir, modelos homens de algumas pinturas foram substituídos pela Barbie ao invés do Ken. Segundo a própria artista, a ideia seria levantar a questão sobre o papel da mulher na sociedade. Confira:


1. “A morte de Marat”, Jacques-Louis David

pinturas-classicas-com-barbies_1


2 e 3. “O Filho do Homem”, René Magritte / “American Gothic”, Grant Wood

pinturas-classicas-com-barbies_2-3


4. “Gabrielle d’Estrées et une de ses soeurs”, Artista desconhecido

pinturas-classicas-com-barbies_4


5 e 6. “As Duas Fridas”, Frida Kahlo / “O Grito”, Edvard Munch

pinturas-classicas-com-barbies_5-6


7. “A Criação de Adão”, Michelangelo

pinturas-classicas-com-barbies_7


8. “A Última Ceia”, Leonardo da Vinci

pinturas-classicas-com-barbies_8


9. “Os Jogadores de Cartas”, Cezanne

pinturas-classicas-com-barbies_9


10. “Almoço na Relva”, Édouard Manet

pinturas-classicas-com-barbies_10


11. “A Lição de Anatomia do Dr. Tulp”, Rembrandt

pinturas-classicas-com-barbies_11

[Catherinethery.net / Bored Panda]

Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
AUTOR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também: