ps4-console-dos-gamers

O PlayStation 4 foi finalmente revelado para nós, humildes gamers mortais. No primeiro dia da E3 2013 informações extremamente importantes foram explicadas e vários rumores foram destruídos. A Sony deixou bem claro que veio para ser melhor que a Microsoft citando trechos da apresentação do Xbox One e comparando-os com o PS4. Além de oferecer um console mais barato – custará US$ 399, 100 dólares a menos que o console concorrente, o PS4 não terá restrições para jogos usados e nem a obrigatoriedade de conexão diária à internet, mas cobrará uma taxa de US$5 / mês para jogadores que queiram jogar on-line e ter algumas outras vantagens.

O pagamento da taxa para a utilização da plataforma online será mandatório, mas isso não é tão ruim quando estão comentando por aí. Porque? Eu explico: As vantagens de se ter tudo salvo na Cloud (nuvens) são incontáveis! Imagina que a Cloud será o nosso antigo ‘Memory Card’, nele poderemos fazer os ‘CheckPoints’ dentro dos jogos e automaticamente o save estaria disponível no console do seu amigo, bastando apenas fazermos o login na PSN, o CheckPoint estaria lá, exatamente onde você parou, sem a necessidade de levar seu console ou sua mídia do jogo na casa dele. Se pararmos pra pensar, só esta característica já compensa pagar os US$ 5.

ps4-console-dos-gamers_2

Agora vamos falar sobre os jogos usados. Eles serão bloqueados no Xbox One, o que é bem diferente da atitude da Sony e isso já nós dá um sinal sobre quem vai ganhar essa briga. A Sony declarou guerra ao concorrente divulgando um vídeo de 22 segundos que ensina os jogadores a emprestarem seus jogos. O vídeo mostra que para compartilhar seus jogos usados é só dar nas mãos do seu amigo, não precisa compartilhar na Live, utilizar senhas e usar a internet para isso como é feito no Xbox One. Assista ao vídeo abaixo:

A Sony deixou claro também que os jogos usados serão liberados, mas para não ficarem no prejuízo cobrarão uma taxa para o seu serviço Plus, taxa esta que já é cobrada no PlayStation 3. Quem já usa o serviço terá sua conta migrada de forma automática para o novo console. Os mesmo jogadores serão premiados com uma versão exclusiva do jogo Driveclub, entre outros, no lançamento do PS4. Essa mesma conta poderá ser utilizada no PlayStation Vita, no PlayStation 3 e no PlayStation 4 com o pagamento dessa mesma taxa.

ps4-console-dos-gamers_4

Na apresentação da Sony eles não falaram muito sobre o DualShock®4. Sabe-se porém que o controle vêm com inovações para permitir experiências in-game mais envolventes, incluindo um sensor altamente sensível de seis eixos assim como um touchpad localizado no topo do controle, oferecendo aos jogadores formas completamente novas de interagir com os jogos. Outra novidade é botão Share, que permite o compartilhamento de um streaming de vídeo com apenas um toque. Para mim é um dos melhores controles para videogames já lançado. Já sobre o design do console, a única explicação que conseguimos enxergar é que, com um hardware mais potente, seria necessário algum lugar maior pra guardar tudo aquilo lá dentro, por isso acabou ficando um bolachão, mas quem se importa?

ps4-console-dos-gamers_3

Xbox One

A Microsoft também participou da E3 2013 com mais uma apresentação do Xbox One. O novo console será lançado em 21 países simultaneamente em novembro de 2013, custando US$ 499 ou R$ 2.200 aqui no Brasil (mais que o dobro). Essa última apresentação foi focada nos diversos jogos, além de funções do Smartglass e novidades sobre a Xbox Live e o Xbox 360.

A tentativa da Microsoft de exterminar o mercado de games usados se provou correta segundo a apresentação que fizeram, porém isso definitivamente não nos alegrou os gamers. Mesmo assim essa é a aposta da Microsoft, ao querer vender seu jogo usado, você terá que procurar uma loja credenciada com a Microsoft e que esteja conectada ao sistema da empresa. Só assim o jogo será permanentemente apagado da sua conta na Xbox Live e recolocado à venda para os consumidores como se fosse um novo título. Para entender melhor, seria como se você vendesse os códigos promocionais que vinha com os jogos, desvinculando-os da sua conta e liberando-os para outros clientes.

Estima-se que o preço para ativar um jogo novamente vai variar muito, pois tudo depende de quanto as desenvolvedoras vão querer ganhar nesse processo. Isso significa que a Microsoft irá controlar efetivamente o preço do mercado de jogos usados, provavelmente tornando-os muito mais caros e diminuindo consideravelmente o número de vendas dos mesmos.

Por enquanto essa nova política também representa o fim das locações de jogos e os empréstimos para seus amigos, mas a empresa diz que está buscando uma maneiras de resolver esta questão. Apesar disso a empresa deixou claro que para jogar seus jogos no console dos seus amigos é só logar na Live e baixar todos os títulos salvos na sua conta, mas já falamos sobre isso acima.

Eu li por ai que a idéia é bem legal, mas devemos nos lembrar que esses jogos novos terão no mínimo 15GB, e não é todo mundo que ten fibra ótica em casa e mesmo se tiver, será que a Microsoft vai dar suporte a milhões de downloads de jogos com qualidade? Ela pode muito bem dificultar isso diminuindo a taxa de download de jogos usados, já pensou nisso? Mas nem tudo é ruim, em sua casa todas as pessoas (lê-se: 10 pessoas) poderão ter acesso aos jogos comprados por você e poderão acessá-los de qualquer Xbox One ligado à Internet.

O principal problema com o Xbox One é que ele precisa ser conectado a internet pelo menos 1 vez a cada 24h, caso contrário o console irá parar de rodar os jogos. Isto significa que você não poderá jogar o seu Xbox One caso você esqueça de pagar a conta de internet mesmo depois de ter pago BEM caro pelos jogos.

É isso ai pessoal, agora é só escolher o de sua preferência e ser feliz, até porque os novos gráficos suportados por esses consoles são surreais e as novas franquias anunciadas prometem muitas noites sem dormir.

Tags:
veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!