"Estou implorando", relata usuário Speedy

Por: - 11/04/09 às 04:00 pm
14 visualizações
Internet
A pane na conexão Speedy – serviço de internet banda larga fornecido pela Telefônica – que aconteceu no final da semana passada e se estende até agora, continua a irritar internautas em São Paulo. Conforme reportagem no site da UOL, embora a Telefônica diga que o problema tenha sido solucionado na quarta-feira (08/04/09), protestos, reclamações e até mesmo súplicas são enviados à central de atendimento da empresa. “Estou mais do que reclamando, estou implorando, pedindo mesmo para que o atendimento ao cliente monitore a situação”, lamenta o universitário Pedro Henrique Laguardia, que mora nos Jardins, na zona oeste de São Paulo. Laguardia afirma que, embora conexão de 2 Mbytes, no momento em que conversou com a reportagem, estava com 54 Kbps. Sobre as reclamações, o estudante diz que abriu dois protocolos de solicitação – o primeiro na sexta-feira passada (03/04/09), para o qual a Telefônica prometeu solução em 48 horas. “No domingo, quando completadas as 48 horas, fiz um novo protocolo, reclamando que eles não resolveram no prazo estabelecido.” O internauta prometeu, em seu perfil do microblog Twitter, cancelar sua assinatura na segunda-feira. A reclamação, por intermédio do microblog Twitter, ainda é maciça durante a noite passada. “O speedy hoje está me fazendo lembrar dos tempos do acesso discado”, afirmou, nesta noite, uma internauta no Twitter. Centenas de mensagens sobre a conexão já chegaram no microblog apenas nesta noite. A empresa assumiu a pane só após cinco dias. Até aquele momento, a empresa havia negado os problemas no serviço de internet. A companhia espanhola afirmou que “nos últimos dias, parte da sua infraestrutura que dá suporte ao acesso à internet tem sido alvo de ações deliberadas e de origem externa”. Na última quarta-feira (08/04/09), o Procon enviou uma notificação à Telefônica, pedindo explicações sobre o motivo das falhas e a quantidade de pessoas que foram atingidas – após o órgão de defesa do consumidor ter recebido uma centena de reclamações. A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) informou, por meio de um comunicado à imprensa, que vai investigar a pane do Speedy em São Paulo. Uma solução que muitos adotaram é alterar os servidores DNS que você usa para acessar a internet. Sugestão: use o OpenDNS (endereços 208.67.222.222 e 208.67.220.220). Graças à Deus (e à NET) não sei mais o que é passar horas a fio – literalmente – aguardando atendimento na Telefônica.
veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!

close-link