Depois de tanto tempo na espera, de tantos rumores e de tanto mistério, finalmente o tão esperado tablet da Apple foi oficialmente lançado hoje (27) em um evento especial da Apple que acontece todos os anos. O novo tablet tem um nome oficial, ele se chamará iPad. O iPad não será nem um iPhone nem um notebook, mas sim um meio termo entre os dois. Ele foi apresentado como o gadget perfeito para ler e-mails, acessar a internet, assistir filmes, escutar músicas, jogar jogos e também como um excelente e-Book reader. Como é possível ver nas imagens, ele se parece com um iPhone tamanho GG. Veja a seguir mais imagens, todos os recursos que ele oferece e um pouco mais sobre este fantástico gadget.


O iPad tem acelerômetros que, assim como no iPhone, permite que o usuário use ele deitado ou em pé. Outra característica herdada do iPhone é seu teclado, que é on-screen porém maior e mais fácil de ser utilizado em e-mails ou navegando na internet. Seu sistema operacional é baseado no do iPhone, virá com iTunes Store para compra de apps, jogos, filmes e músicas. Ele oferece suporte a vídeos em HD do Youtube bem como filmes, shows e programas de TV do iTunes. Tem recurso de mapas, isto significa que ele também funcionará como GPS. Uma das coisas que mais impressionaram foi o anúncio da capacidade de sua bateria, com fôlego para incríveis 10 horas de uso contínuo longe da tomada. Veja logo mais abaixo alguns detalhes de suas especificações:


Características:

  • Display: 9.7″ de LED com tecnologia multi-touch/IPS e resolução de 1024 x 768 pixels – uma característica importante dele é sua resistência a marcas de impressões digitais;
  • Processador Apple A4 de 1GHz desenvolvido para alta performance e baixo consumo; 
  • Acelerômetros e sensor de luz ambiente embutidos;
  • Bateria de Lítio-polímero de 25W com capacidade de até 10 horas de pleno uso;
  • Doca padrão Apple de 30 pinos;
  • Speakers e microfone embutido;
  • Saída para fones de ouvido padrão tipo jack de 3,5mm;
  • Dimensões: 24,3 cm (altura) x 19 cm (largura) x 1,7 cm (espessura);
  • Peso: 680 gramas;
  • Navegador: Safari;
  • Acesso completo a iTunes App store para downloads de centenas de apps assim como no iPhone.

Na minha opinião, duas características foram as mais marcantes no lançamento do iPad. A primeira é o fato da Apple ter reforçado o kit de desenvolvimento de softwares do iPhone SDK para que ele passasse a oferecer suporte no desenvolvimento de Apps também para o iPad. Isto significa que muitos Apps legais também serão lançados para o tablet, o que o tornará ainda mais interessante. A segunda característica marcante dele que achei é um novo recurso que o aparelho terá, o iBooks. O iBooks é uma estante virtual que se parece muito com uma estante de verdade, onde você poderá guardar seus livros comprados online ou descarregados pelo iTunes e lê-los quando bem entender. Com uma tela avantajada igual a dele, a função e-Book reader não poderia faltar no iPad.


O iPad recebeu também uma versão do iWorks “remodelada”, que virá com uma gama de funcionalidades, como importação e edição de imagens por exemplo.

Além de Bluetooth, ele estará disponível em duas versões, uma com Wifi 802.11n e outra com opção de conexão 3G. Outra boa notícia é que os planos de uso 3G do aparelho nos EUA será justo, US$ 15 para 250MB de transferência de dados ou US$30 para transferência ilimitada. Quem irá oferecer planos para o aparelho por lá inicialmente será a operadora AT&T, mas pelo que parece o iPad será desbloqueado, dando liberdade aos usuários escolherem um plano mais atraente.


Steve Jobs não divulgou no discurso de lançamento a data exata da chegada do aparelho em outros países, mas disse que espera distribuí-lo em meados de Junho deste ano. A melhor de todas as notícias é sem dúvida seu preço. Os rumores indicavam que ele custaria algo em torno de US$999, mas o preço será bem diferente e irá variar de acordo com o modelo e capacidade de armazenamento de dados do iPad. Na versão Wifi, ele custará US$499 na versão de 16GB, US$599 na de 32Gb e US$699 para a de 64GB. Os preços para a versão 3G serão um pouco mais caros, mas mais barato do que esperado: a versão de 16GB custará US$629, a de 32GB US$729 e a de 64GB 3G custará $829.


Como já era de se esperar, o tablet impressionou e tem tudo para ser mais um sucesso Apple. Mas não se empolgue quanto ao seu preço, pois por se tratar de uma novidade e por ser um produto Apple, assim como aconteceu com o iPhone, muito provavelmente terá um preço injusto quando chegar oficialmente por aqui. Para finalizar, uma imagem maior para uma melhor apreciação. Clique nela para vê-la ampliada.

[Via Apple]

Tags:
veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!

close-link