Qual é a Melhor Marca: Xiaomi ou Huawei?

Afinal, qual é a melhor marca Xiaomi ou Huawei?

Está em dúvida sobre qual é a melhor marca entre Xiaomi ou Huawei? A Xiaomi e Huawei são empresas que possuem algumas características em comum. Elas são marcas chinesas que vendem produtos de tecnologia como smartphones, fones sem fio, smartwatches e até dispositivos de streaming. Os preços dos seus produtos são bastante acessíveis e isso agrada muito consumidor brasileiro de maneira geral.

Pensando em te ajudar a decidir qual é a melhor marca entre Xiaomi ou Huawei, fizemos este post análise sobre os principais pontos positivos delas. Saiba mais sobre as marcas seguir.

Afinal, qual é a melhor marca: Xiaomi ou Huawei?

Ao investigar mais a fundo as marcas, você irá concluir que cada uma possui um tipo de especialização. A Xiaomi domina pontos como ecossistema e software, enquanto a Huawei é ótima na fabricação e experiência geral de mercado. 

Escolher qual é a melhor marca entre as duas opções varia de acordo com o que o consumidor deseja e se identifica mais, por isso não é possível afirmar que uma marca é melhor do que a outra. 

Dessa forma, veja a comparação entre essas grandes empresas do mercado de tecnologia e o que fazem elas se destacarem além do preço. E saiba qual é a melhor marca Xiaomi ou Huawei. 

Xiaomi ou Huawei

Existem algumas características que você precisa saber que diferenciam os seus tipos de celulares. Como o design dos celulares, câmeras, preço e linhas de produtos. Saiba mais abaixo sobre cada uma delas. 

1. Objetivos das empresas

Os objetivos das duas empresas são bastante diferentes. A Xiaomi tem o objetivo de concorrer com grandes marcas, através dos seus preços mais acessíveis ao público em geral. Por isso, a marca lança vários tipos de celulares que irão agradar todos os tipos de público. Caso esse objetivo esteja mais de acordo com o seu interesse, vale dar uma olhada nos 10 melhores celulares Xiaomi de 2022.

A Huawei também é uma importante e grande empresa de telecomunicações na Ásia. Portanto, atualmente o seu maior objetivo é liderar a corrida na tecnologia de telecomunicações do 5G . 

2. Serviço ao cliente

O serviço ao cliente envolve também toda a logística que leva até a entrega do produto final. Nesse sentido, pode-se dizer que o atendimento da Huawei é muito bom, pois eles contam com pontos de distribuição locais, o que faz com que a logística da marca seja forte. 

A Xiaomi também possui uma boa logística. Seus produtos podem ser comprados nas lojas físicas da marca para quem mora em São Paulo, Curitiba ou Rio de Janeiro. Por contar com distribuidoras no Brasil a logística de entrega fica muito mais fácil e rápida. 

3. Design dos celulares

Em termos de design, os smartphones da Xiaomi possuem uma tela comum nos celulares mais atuais, com bordas infinitas. E a interface do celular foi projetada para se adequar a experiência do usuário. 

O design da Huawei também conta com as bordas infinitas que podemos perceber nos celulares mais atuais. Apesar do seu design bonito, os smartphones não possuem uma boa interface de usuário. Eles não possuem produtos digitais da Google, o que é um retrocesso. 

4. Câmeras

As câmeras dos smartphones das duas marcas são bastante diferentes. As câmeras dos celulares da Huawei concorrem com as do iPhone e possuem uma qualidade impecável. No celular Huawei P30 Pro, por exemplo, a câmera possui uma nova lente teleobjetiva periscópio, que permite que o zoom seja 10 vezes maior. 

A Xiaomi vem melhorando as suas câmeras nos últimos dispositivos como no smartphone Mi 11 . A marca não tem modelos com câmeras ao ponto da Huawei, mas a nova câmera do aparelho possui a proposta de ter o nível de estúdio. Ela é grande angular, isso te permite um campo de visão de 123º.  

Caso ter uma câmera de tecnologia de última geração for um ponto essencial para você, não deixe de conferir os 10 melhores celulares Huawei de 2022.

5. Preço

A diferença de preço entre as duas empresas é bem pequena ao compararmos os valores de produtos desta categoria mais básicos. É possível encontrar celulares das duas marcas por menos de 2000 reais em grandes magazines do Brasil que vendem esses produtos.

Os celulares tops de linha das marcas são bem mais caros por se tratarem de produtos  premium, que são bem elaborados. Um top de linha da Xiaomi por exemplo chega a custar R$9999,99 enquanto o da Huawei chega a custar cerca de  R$11.268,75. 

De todo modo, o preço sempre foi um ponto muito positivo em marcas de celulares chinesas, pois apesar do alto desempenho e tecnologia de ponta, os valores são mais acessíveis em comparação às marcas de outros países. Não deixe de conferir os 10 melhores celulares chineses de 2022 e saiba qual opção possui o melhor custo-benefício.

6. Linhas de celulares

Existem duas linhas de celulares da Xiaomi e da Huawei que podemos comprar: O Mi 12 Pro e o Huawei P50. A memória interna dos dois varia até 256 GB e a memória RAM é de 8 GB para ambos os celulares. A tela do Mi possui 6.73″ e é de AMOLED (8165 x 6124 pixels), enquanto a do P50 tem 6.5″ e é de OLED (1224 x 2700 pixels). 

É importante dizer que as telas de AMOLED são uma versão mais atual às de OLED e possuem uma resolução melhor. A bateria do Mi 12 dura um pouco mais com seus 4600 mAh que a do P50 da Huawei, que possui 4100 mAh. Em relação ao peso o P50 é mais leve com seus 181 gramas e o Mi 12 pesa 205 gramas. 

Como escolher um celular

Ao escolher um celular existem algumas informações importantes que você precisa saber sobre o produto, seja ele fabricado pela Xiaomi ou Huawei, ou mesmo de qualquer outra marca, como conferir o processador e memória RAM, armazenamento interno, duração da bateria, tamanho e resolução da tela. Saiba mais sobre cada uma delas abaixo. 

1. Confira o processador e memória RAM do celular

A memória RAM é responsável por dar mais velocidade ao aparelho. Se o seu smartphone possui uma memória baixa é provável que ele abra os apps com muita lentidão. Uma boa memória para quem trabalha com o celular é de 4 GB e para quem não trabalha, 1 e 2 GB pode ser pouco. 

O processador do smartphone é como se fosse o cérebro humano. Ele é a parte principal do aparelho e o seu papel é receber dados e emiti-los novamente em sinais processados. Alguns exemplos de bons processadores são: Snapdragon 865+, Snapdragon 855 e Snapdragon 660.

2. Veja a quantidade de armazenamento interno do celular

O armazenamento interno do celular é essencial para armazenar seus apps, fotos, vídeos e todos os arquivos que estão dentro do seu celular. Então, quanto maior for a memória interna, mais arquivos e apps vão caber no smartphone. 

A memória interna do dispositivo varia de 32 a 512 GB. Por isso, a  dica é escolher de acordo com o seu uso. Se você usa o telefone para trabalhar e precisa de um grande armazenamento, prefira os de 256 e 512 GB, mas se esse não é o seu caso você pode escolher uma memória interna menor. 

3. Verifique a duração da bateria do celular

A capacidade das baterias são medidas em miliampere-hora, ou mAh. Por isso, quanto maior for o valor em mAh, maior será a duração. Um celular básico com uma bateria de 3000 mAh é aceitável. 

E quanto aos dispositivos intermediários, estes possuem uma bateria entre 4.000 mAh e 5.000 mAh. Isso significa que você ficará por até dois dias sem carregar o smartphone. Os aparelhos top de linha, exceto iPhones, possuem 5000 mAh. Você pode verificar essa informação na ficha técnica do aparelho e escolher a opção que mais combina com você. 

4. Veja o tamanho e resolução da tela do celular

Existem pessoas que preferem celulares com uma tela maior porque o utilizam para trabalhar. Mas, um celular com uma tela  compacta pode ser ideal para as pessoas que não querem chamar atenção com uma tela grande na rua. 

Ao adquirir um smartphone novo o ideal é investir em um produto que tenha a resolução full HD de 1920 x 1080 pixels. Esse tipo de resolução te dará uma imagem de qualidade, além de economizar a bateria do seu dispositivo. 

Saiba qual é a melhor marca e escolha entre a Xiaomi ou Huawei!

Agora que você já viu que a Xiaomi ou Huawei possuem características específicas se tratando de objetivos das empresas, tipo de propaganda, serviço ao cliente, design dos celulares e câmeras. Escolha a opção certa para você com base nesses parâmetros para não se arrepender na sua opção final.  

Além disso, existe uma diferença entre a logística das duas empresas, já que a Xiaomi não conta com distribuidoras locais e os seus produtos são enviados diretamente da China. Enquanto a Huawei investe em pontos de armazenamento locais para que a entrega seja mais rápida. 

Portanto, quando for fazer a sua escolha final entre Xiaomi ou Huawei, lembre-se que a Huawei foca mais na qualidade dos seus aparelhos, enquanto a Xiaomi quer vender os produtos digitais que você pode adquirir ao comprar um dispositivo da marca. Ou seja, são empresas com propostas diferentes, faça a sua escolha com base na que combina mais com o que você deseja. Para mais dicas sobre os melhores celulares da atualidade, acesse Portal Vida Livre.

AUTOR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • • veja também: