Lembra daquela cena do filme O Exterminador do Futuro – A Salvação, onde alguns guardas robôs enormes cuidavam para que os seres humanos insignificantes não fugissem da prisão? Na Coréia do Sul existe algo parecido, um guarda robô, porém muito menos ameaçador do que os do filme. Eles estão testando o primeiro guarda robô especialmente criado para prisões do mundo. Veja a seguir um vídeo (em inglês) com o robô em ação.

Basicamente, a ideia é utilizar robôs para assumir a função e evitar colocar a vida de guardas penitenciários humanos em risco, além de é claro, oferecer segurança eficiente. Mas será que estes robôs seriam capazes de tomar decisões quando necessário? A resposta é: sim!

Lee Baik-Chul, representante do órgão Asian Forum of Corrections disse: “O robô possui câmeras 3D, bem como um software especialmente criado para eles, que será capaz de estudar e interpretar o comportamento humano.” “Isto permite detectar atividades anormais de prisioneiros e impedir que aconteça brigas, fugas ou algo mais sério e perigoso como suicídio por exemplo.”

Estes comportamentos seriam relatados aos guardas humanos que estariam em segurança em uma sala de controle. De dentro desta sala de controle os guardas podem também usar o robô para se comunicar com os detentos de forma remota. Realmente não parece nem um pouco com os robôs do filme Exterminador do Futuro, acho que ele lembrou mais a Rose dos Jetsons, mas sem a roupa de empregada doméstica.

O robô já está em testes em uma unidade penitenciária da Coréia do Sul. Acho que se integrássemos algumas metralhadoras e lança-granadas nele seria uma boa para colocar ordem em penitenciários de prisões brasileiras. O problema é que nem prisões descentes temos, então fica a pergunta: Será que algum dia veremos isso no Brasil? Talvez nossos netos vejam um dia, quem sabe…

[Via Reuters]

veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!

close-link