MiniInTheBox WW
MiniInTheBox WW

Pesquisadores do Instituto de Ciência Industrial da Universidade de Tóquio do Japão desenvolveram um sensor nasal para robôs que utiliza células vivas para detectar certas substâncias odoríferas. A equipe demonstrou seu projeto adaptando o sensor em um robô experimental e o resultado foi excelente!

Na demonstração o robô foi capaz de detectar determinados tipos diferentes odores com o sensor adaptado em sua via nasal. Esta invenção permitirá que robôs consigam detectar ambientes poluídos com CO2, poluição no ar, poluição na água ou comida. A tecnologia poderá ser usada também para fins medicinais. Se o sensor for adaptado em um leito de hospital por exemplo, será capaz de monitorar e identificar odores corporais dos pacientes para alertar enfermeiros ou médicos. Os pesquisadores conseguiram construir o sensor graças a células RNA (ácido ribonucleico) de insetos. Pode parecer estranho ver células vivas sendo utilizadas para fins robóticos, mas o resultado foi inccrivelmente satisfatório. Coisas de Japão. -_-

[Via Ubergizmo]

Últimas no ROCK’N TECH

veja também:
comentários
Aliexpress WW