Fotógrafo cria imagens compostas que simulam o Antes e Depois de usuários de drogas

Fotógrafo cria imagens compostas que simulam o Antes e Depois de usuários de drogas

O fotógrafo Roman Sakovich criou uma série de retratos que representam o “Antes e Depois” de pessoas que usam drogas. As imagens simulam os estragos feitos no organismo, onde metade da imagem mostra a pessoa sadia e a outra metade representa o mal causado pelo uso das drogas.

Para criar as fotos Sakovich fotografou seus modelos duas vezes, na primeira ao natural e na segunda usando maquiagem para dar a aparência do efeito causado pelo abuso de drogas. As imagens finais foram compostas digitalmente. Veja todas a seguir:

A série de retratos foi batizada por Roman de Half (metade) e foi criada com a intenção de conscientizar os usuários de drogas.

[Via]

Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
AUTOR

2 respostas

  1. Muito bom esse trabalho, é importante alertar os malefícios do uso das drogas, muito realista essas fotos e fica claro o estrago que as drogas causam

  2. Poxa, realmente o trabalho ficou muito bom…

    Só não curti a escolha das roupas, seilá… tem pessoas que possuem um estilo mais despojado e até desarrumado mesmo e nem por isso são usuárias… Mas eu até entendo a dramaticidade que ele quis passar.

    E como a Mah falou, ficou bem realista mesmo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também:

  • AUTOR

    2 respostas

    1. Muito bom esse trabalho, é importante alertar os malefícios do uso das drogas, muito realista essas fotos e fica claro o estrago que as drogas causam

    2. Poxa, realmente o trabalho ficou muito bom…

      Só não curti a escolha das roupas, seilá… tem pessoas que possuem um estilo mais despojado e até desarrumado mesmo e nem por isso são usuárias… Mas eu até entendo a dramaticidade que ele quis passar.

      E como a Mah falou, ficou bem realista mesmo.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também: