CLOSE

Como seriam 10 sofás, poltronas e cadeiras se fossem humanos

sofas-cadeiras-representados-como-humanos

Horia Manolache é uma fotógrafa que, ao se deparar com uma cadeira quebrada em um workshop de fotografia em São Francisco, EUA, pensou em como ela seria se fosse uma pessoa, então teve a ideia de criar uma série de fotos onde cadeiras, poltronas e sofás “ganham vida” em forma de pessoas.

“Eu fotografei as cadeiras que para mim tinham algo a dizer, talvez fossem orgulhosas, elegantes, infantis, ou que simplesmente estavam precisando de algo. A parte mais difícil para mim foi encontrar as pessoas e roupas que combinassem com as cadeiras, porém, mais tarde acabei encontrando bem aquilo que eu tinha em mente”, disse a fotógrafa.

Arte é arte! O resultado é interessante. Veja a seguir:


Publicidade


1.

sofas-cadeiras-representados-como-humanos_1a
sofas-cadeiras-representados-como-humanos_1b


2.

sofas-cadeiras-representados-como-humanos_2a
sofas-cadeiras-representados-como-humanos_2b


3.

sofas-cadeiras-representados-como-humanos_3a
sofas-cadeiras-representados-como-humanos_3b


4.

sofas-cadeiras-representados-como-humanos_4a
sofas-cadeiras-representados-como-humanos_4b


5.

sofas-cadeiras-representados-como-humanos_5a
sofas-cadeiras-representados-como-humanos_5b



Publicidade



6.

sofas-cadeiras-representados-como-humanos_6a
sofas-cadeiras-representados-como-humanos_6b


7.

sofas-cadeiras-representados-como-humanos_7a
sofas-cadeiras-representados-como-humanos_7b


8.

sofas-cadeiras-representados-como-humanos_8a
sofas-cadeiras-representados-como-humanos_8b


9.

sofas-cadeiras-representados-como-humanos_9a
sofas-cadeiras-representados-como-humanos_9b


10.

sofas-cadeiras-representados-como-humanos_10a
sofas-cadeiras-representados-como-humanos_10b

[horiamanolache.com]


Publicidade


Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
AUTOR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também:

  • AUTOR

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também: