starcraft 2

Como acompanhamos no início desta semana, a Blizzard lançou uma expansão para o game StarCraft II chamada Heart of The Swarm. A expansão é uma sequência direta ao Wings of Liberty,e tem como foco a Rainha das Lâminas, a ‘ex-ghost’ Sarah Kerrigan. Então decidimos falar um pouco sobre o game e seus personagens, em um post especial com imagens e vídeos. Clique no botão “Continue” aí embaixo para ver a matéria completa!


Mas para entendermos o início da expansão e o final da campanha Wings of Liberty (2 imagens acima), teremos que voltar à primeira versão do game Starcraft, aquele lançado em 1998 que a crítica julgou ser um cópia de Warcraft. Começamos o jogo pela parte da história dos Terranos, esses que são humanos, originalmente vindos da Terra mas que graças a eventos catastróficos perderam as coordenadas do nosso planeta e acabaram por se estabelecer em outros lugares.

No início jogamos ajudando os Filhos de Korhal, uma tropa rebelde liderada pelo gênio carismático Arcturus Mengsk contra a Confederação, e nas primeiras missões resgatamos as duas figuras mais importantes do jogo, o marine Jim Raynor – o mesmo que jogamos em Wings of Liberty, e a fantasma Sarah Kerrigan, essa que sem dúvidas era uma aliada mais do que eficaz, pois seus poderes psiônicos eram melhores do que o de qualquer outro fantasma.

Ao final da campanha usamos um artefato chamado Psi-Emitter nas bases dos confederados no planeta Tarsonis, artefato este que libera uma onda extremamente potente de energia psiônica – a mesma dos fantasmas – que atrai qualquer zerg no alcance para a localização do emissor, o que acontece é que uma onde devastadora de Zergs invade o planeta, destruindo tudo pelo caminho, e a nossa querida Sarah Kerrigan é abandonada por Arcturus no meio da bagunça.

starcraft-2-jim-raynor

Jim Raynor


starcraft-2-kerrigan

Sarah Kerrigan

Raynor não aceita o que aconteceu e se declara inimigo de Mengsk, mas que pela vitória no planeta tarsonis, se torna o novo imperador e muda o nome de Filhos de Korhal para ‘Supremacia Terrana’.

Logo depois descobrimos que Kerrigan não morreu. A entidade Zerg dominante, conhecido como Overmind, reconheceu o poder psiônico de Kerrigan e resolveu convertê-la em um dos seus. Na campanha zerg você toma conta do ovo que está “chocando” a nova Sarah, e assim que o tempo de incubação termina descobrimos que o que havia de humano nela acabou, dando lugar à Rainha das Lâminas. Veja screenshots do game na galeria a seguir:

Resumindo o primeiro jogo: Kerrigan, infestada através de muita manipulação e traindo várias vezes os seus aliados como o próprio Raynor, consegue se tornar a própria Overmind liderando assim todos os Zergs. Em um ultimato os humanos – inclusive os que vieram da terra para tentar retomar as colonias – e protoss se unem numa tentativa de aniquilar Kerrigan, mas falham, e embora ela tenha poder para acabar de uma vez com todos, ela simplesmente desaparece.

Abaixo o vídeo do final do primeiro jogo (ative as legendas):

A Blizzard liberou um vídeo dublado recapitulando toda a história do primeiro jogo e dando uma ambientação do segundo. O vídeo você confere a seguir:

A campanha inicia com o renegado Jim Raynor como um mero mercenário quatro anos após o fim da Brood War, e no desenrolar da história descobrimos que Sarah literalmente sumiu com toda a frota Zerg nesse período, mas também vimos que ela ainda está viva, como aparece vez ou outra em cinemáticas. Os protoss vêm ao Raynor com um pedido de ajuda, dizem que segundo uma profecia, uma raça híbrida de Zergs e Protoss irá surgir, e a única chance deles serem salvos é através de Kerrigan.

No decorrer do jogo surge uma chance de alcançar todos os objetivos de Jim, e através de um artefato ele poderia tornar Kerrigan humana novamente e enfraquecer todo o enxame Zerg que já estaria se proliferando avassaladoramente. Raynor então consegue usar o artefato e resgatar uma Sarah já humana, o vídeo (dublado) é este a seguir:

E recentemente, tivemos acesso ao vídeo de abertura da expansão:

Eu já encomendei minha cópia e você? Baixe papéis de parede do game no site oficial do game neste link.

Tags:
veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!