CLOSE

A Telefônica pára de cobrar multas por desistência do Speedy.

A operadora e provedora Telefônica irá interromper, por 90 dias, a cobrança de multa pela rescisão de contrato do seu serviço de banda larga Speedy. A determinação partiu do MPF (Ministério Público Federal) de SP. Conforme já anunciado aqui na R’NT anteriormente, nos últimos meses, o Speedy tem enfrentado diversos problemas, o que levou a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) proibir a empresa de vender novas assinaturas por um determinado período, até que a Telefônica implementasse medidas para melhorar o serviço. A Telefônica já apresentou à agência um plano no último dia 26, onde pretende investir R$ 70 milhões, em três etapas, com o objetivo de melhorar o sistema do serviço Speedy. Em 2008, foram investidos R$ 500 milhões em redes de dados. Toda punição é pouca em relação à pobre qualidade de seu atendimento e serviços.

Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
AUTOR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também:

  • AUTOR

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também: