CLOSE

NASA Cria Avião Com Asas Iguais de Pássaros

avião com asas iguais de pássaros
Foto: Eli Gershenfeld, NASA Ames Research Center

Asas de avião são tradicionalmente fortes, grandes e resistentes, mas uma equipe de pesquisadores liderada pela NASA criou um avião com asas iguais de pássaros, flexíveis e que se transformam automaticamente durante o voo.

Medindo cerca de quatro metros de largura, o novo avião com asas iguais de pássaros possui asas construídas a partir de milhares peças que se encaixam e que também se comportam de forma similar à asa de um pássaro, diz um dos autores do relatório, o engenheiro de pesquisa da NASA, Nick Cramer.

Um avião com asas iguais de pássaros: Como assim?

NASA Cria Avião Com Asas Iguais de Pássaros
Foto: Kenny Cheung, NASA Ames Research Center

“Um condor trava suas articulações durante o voo e, em seguida, ajusta sua asa para um formato que garante uma maior performance durante o voo; então, quando ele quer fazer uma manobra mais agressiva, dobra o ombro. É semelhante ao que estamos fazendo aqui “, disse ele em uma entrevista por telefone.

Mas não é apenas a maneira como a nova asa funciona que a diferencia. De acordo com pesquisadores que foram coautores de um artigo publicado esta semana na revista “Materiais e estruturas inteligentes”.

avião com asas iguais de pássaros
Foto: Reprodução/NASA Ames Research Center

A equipe, incluindo especialistas da NASA e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, afirma que seu design pode levar a eficiências significativas na futura fabricação e manutenção de aviões.

Kenneth Cheung, cientista pesquisador do Centro de Pesquisa Ames da NASA, dá o exemplo do Boeing 787 Dreamliner, que é construído a partir de partes do corpo tão grandes que exigem moldes e fornos grandes demais para criá-los, antes de serem transportados em planos ainda maiores até o ponto de montagem. O mesmo se aplica ao Airbus A380.

“O escalonamento de custos e a quantidade de infraestrutura que a empresa precisa investir para implementar esses novos projetos são extraordinários”, disse Cheung em entrevista por telefone. “Então, o que estamos fazendo com esses projetos é tentar reduzir tudo isso, para que você possa ter o mesmo tipo de desempenho em termos de materiais, mas possa fabricá-lo sem configurar toda a infraestrutura necessária atualmente”.

Curte ciência? Confira nossa sessão com vários outros posts sobre Ciência.

[CNN]

Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
AUTOR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também:

  • AUTOR

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também: