Microsoft lança website atacando Gmail como “invasor de privacidade”

Microsoft lança website atacando Gmail como "invasor de privacidade"

Na tentativa de derrubar as forças de seu principal concorrente, o Google, a Microsoft resolveu lançar um website chamado Scroogled, onde prova “por A + B” que o serviço de e-mail Gmail do Google invade a privacidade de seus usuários.

Os usuários do antigo Hotmail estão sendo convidados a trocarem o domínio para Outlook.com. A Microsoft resolveu então apostar todas as suas fichas no novo serviço, porém tem o Gmail como um de seus principais rivais, visto que é um dos serviços de Webmail que mais possui usuários ativos no mundo.

“O Outlook.com é diferente,” diz a Microsoft no novo site, “não invadimos seu e-mail para exibirmos propagandas.” De acordo com a Microsoft, 70% das pessoas que usam o Gmail não sabem que o serviço escaneia o texto contido nos e-mails para exibir propagandas em cima, nas laterais e embaixo do corpo do e-mail. A empresa ainda completa dizendo que de acordo com uma recente pesquisa (feita por ela mesmo), 88% dos usuários do Gmail desaprovam esta prática.

Entre as alegações da Microsoft está o fato do serviço Gmail não oferecer uma opção “opt-out” (cancelamento), de propagandas personalizadas baseadas no conteúdo dos e-mails, algo que não é totalmente verdade, já que a empresa oferece ao usuário esta opção nas Preferências de Anúncios. Vale lembrar que esta opção não elimina os blocos de propaganda, apenas remove a personalização delas baseada no conteúdo dos e-mails.

A atitude da Microsoft coloca em debate uma antiga questão: a privacidade das pessoas na internet e o método “invasivo” adotado pelo Google para exibir publicidade. Muitos até preferem propagandas desta forma, mas muitos não. Por enquanto ainda fico com o Gmail. Caso você também prefira o Gmail mas não mais ver blocos de propagandas na lateral, experimente os métodos sugeridos pelo site LifeHacker.com (em inglês).

[Telegraph]

Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
AUTOR

Uma resposta

  1. Cara, além dessa parada do e-mail, eu percebi de uns tempos pra cá que o Google Adsense está muito mais persuasivo e INVASIVO. No final de dezembro entrei em algumas livrarias virtuais (diferentes sites) para pesquisar alguns títulos de meu interesse. Não comprei nenhum online, no entanto, desde então, em praticamente todos os sites em que entro, incluindo Youtube e sites de jogos, me aparecem os exatos anúncios dos livros nos quais cliquei. Outro dia fui ver quanto custa o Word para Windows 7. E agora os anúncios alternam entre os livros e o anúncio do Word.

    A única vantagem disso é que antes eu não queria ter o Google Adsense no meu blog por medo de serem veiculadas propagandas impróprias para o meu público, no entanto agora me parece que os anúncios são conforme “o gosto do freguês”. Mesmo assim essa invasão me incomoda. E qualquer pessoa mais antenada, que usar seu computador, vai sacar pelos anúncios o que você está pesquisando na internet, o que expõe sua privacidade. :/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também:

  • AUTOR

    Uma resposta

    1. Cara, além dessa parada do e-mail, eu percebi de uns tempos pra cá que o Google Adsense está muito mais persuasivo e INVASIVO. No final de dezembro entrei em algumas livrarias virtuais (diferentes sites) para pesquisar alguns títulos de meu interesse. Não comprei nenhum online, no entanto, desde então, em praticamente todos os sites em que entro, incluindo Youtube e sites de jogos, me aparecem os exatos anúncios dos livros nos quais cliquei. Outro dia fui ver quanto custa o Word para Windows 7. E agora os anúncios alternam entre os livros e o anúncio do Word.

      A única vantagem disso é que antes eu não queria ter o Google Adsense no meu blog por medo de serem veiculadas propagandas impróprias para o meu público, no entanto agora me parece que os anúncios são conforme “o gosto do freguês”. Mesmo assim essa invasão me incomoda. E qualquer pessoa mais antenada, que usar seu computador, vai sacar pelos anúncios o que você está pesquisando na internet, o que expõe sua privacidade. :/

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também: