O capitalismo do #FAILBook e a decepção dos blogueiros brasileiros

Amados leitores, (acreditem, não sou político)

Nem todos sabem disso, mas nós blogueiros e os donos de fanpages do Brasil inteiro temos enfrentado um “probleminha básico” com a rede social do nosso amigo Zucka. Pra resumir, ele simplesmente disse que o quê os blogueiros postam em suas páginas NÃO é interessante nem mesmo para os que curtiram a página por livre e espontânea vontade, mas disse também que podemos voltar a ser interessantes se pagarmos (e muito caro) por isso…

fatos-interessantes-perturbadores-sobre-canhotos_17

Por conta disso todos os blogueiros (sem exceção) estão sofrendo com uma considerável queda dos acessos provenientes da rede social do Zucka.

Enfim, para continuar vendo em sua timeline posts da sua fanpage favorita, pode usar esse método abaixo (Fiz na minha própria timeline e funcionou):

1. Passe o mouse sobre o nome da página

2. Depois passe sobre o botão de “Curtiu” que aparece

3. Depois clique em obter notificações

instrucao-failbook

Agora, toda vez que a fanpage postar algo novo você vai ser notificado lá nos ícones de notificações… e cada um que fizer isso fará com que fiquemos assim:

O capitalismo do #FAILBook e a decepção dos blogueiros brasileiros

Lembre-se que não é recomendado fazer isso com páginas que postam muita coisa, mas sim com páginas #UltraMegaPower, como a do Rock’n Tech que posta só coisas #UltraMegaPower interessantes 😛

fatos-interessantes-perturbadores-sobre-canhotos_20

A propósito, fizemos 5 anos de blog anteontem (sexta-feira 13), mas infelizmente não tínhamos dinheiro pra fazer fazer promoção e presentear vocês. Todavia, se quiser presentear a gente depositando algum dinheiro deixa um comentário aí que a gente explica como fazer. 8)

Sem mais, votem em mim.

Obrigado.

Dica do Vida de Programador.

Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
AUTOR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também: