Mictório termocrômico transforma sua urina em uma obra de arte!

Mictório termocrômico transforma sua urina em uma obra de arte!
#Fato: Todo homem pelo menos uma única vez na vida já gastou seu tempo tentando criar desenhos com sua urina quando teve oportunidade. Se você é homem e ainda não fez isso não sabe o quão divertido é. Talvez por este motivo é que decidiram equipar este banheiro masculino aí da imagem acima com um mictório equipado com um painel metálico termocrômico. O resultado são verdadeiras obras de artes criadas pelos próprios mijões que frequentam ali.

Confesso que perdi vários minutos procurando mais informações sobre o mictório em sites de busca, na esperança de descobrir quem o criou e onde está localizado esta “área de entretenimento” para homens, mas infelizmente não encontrei nada. Sabe-se apenas que ele tem nome, Thermochromic Urinal, ou Mictório Termocrômico em português. O painel utiliza o termocromismo para causar o efeito que vemos na imagem, onde partes que têm contato com a urina ficam mais quentes e que por sua vez mudam de cor. Termocromismo é a habilidade da substância de mudar de cor devido à mudança de temperatura, tal como acontece com aqueles anéis de humor, que mudam de cor dependendo da temperatura corporal do usuário. Ok, pode parecer nojento, mas certamente é divertido e pode ser uma estratégia inteligente de se ganhar dinheiro, duvida? Tenho certeza que se você for dono de algum barzinho e colocar um destes no banheiro todos seus clientes homens irão beber mais do que o normal só pra ficar brincando ali. Se fizer isso por favor não esqueça de nos dizer onde seu bar fica localizado.

[Via Geeky-Gadgets]

Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
AUTOR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também:

  • AUTOR

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também: