Jogo meigo mas com jeito assutador.

Jogo meigo mas com jeito assutador.
Imagine um jogo de uma meiga garotinha que vive em um mundo horripilante, como se estivesse vivendo um pesadelo sem fim. Nathan Jurevicius é o criador deste jogo on-line chamado “ScaryGirl”, que pode ser jogado gratuitamente desde a semana passada no endereço www.scarygirl.com. “No mundo que criei, as pessoas e as coisas não são o que parecem ser. Algo legal pode ser mau e algo horripilante pode ser bom”, disse o criador. Em tempos de crise e de videogames superpotentes (e caros), Jurevicius

Jogo meigo mas com jeito assutador.

aposta em um antigo, mas bem-sucedido, modelo: o dos jogos de plataforma 2D, como o bom e velho Sonic da Sega. O game traz também outra característica dos jogos de sucesso de outrora: uma história interessante, cenário sombrio e controles fáceis. A heroína do game, ScaryGirl (garota assustadora, em inglês), caiu no mar não se sabe como e foi adotada por Blister, um simpático (mas pouco expressivo) polvo verde. Ela usa tapa-olhos, brinco de caveira e um gancho na mão e seu objetivo no game é descobrir, afinal de contas, de onde foi que veio. Isso ela só conseguirá lutando com muitas criaturas sombrias e asquerosas que ela encontrará pela frente. O melhor do jogo é o fato de não precisar instalar nada no PC, apenas ter uma versão recente de Flash. Dá pra perder horas se divertindo e lembrando os velhos tempos de Sonic e Mário.
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
AUTOR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também:

  • AUTOR

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também: