Guarda-chuva feito com rolhas de garrafa.

Guarda-chuva feito com rolhas de garrafa.

Olha só que interessante este guarda-chuva! Ele é feito com o mesmo material usado na fabricação de rolhas de garrafa, ou seja, de cortiça. O guarda-chuva é um trabalho da designer portuguesa Sandra Correia. Nem todos sabem disso, mas cerca de metade da produção mundial de rolhas de cortiça são fabricadas em Portugal. Portanto, não é de se estranhar ver um invento assim sendo bolado por alguém de lá. Ele não é só à prova d’água, mas também auxilia na preservação do meio ambiente, isto porque […] […] a cortiça utilizada nele é proveninente de rolhas de garrafa recicladas. As rolhas de cortiça não podem ser utilizadas para produzir novas rolhas, mas não impede que sejam recicladas para outros fins. Além da cortiça, o guarda-chuva é feito também com linhas de cotton, arames de metal como os convencionais, e cabo de madeira de reflorestamento. Seria uma excelente sugestão de preservação, não fosse pelo seu preço, aprox. US$ 156 (~ R$ 280) na Momastore.

[Via Gizmodiva]

Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
AUTOR

3 respostas

  1. Pois é, desse jeito fica difícil colaborar com o meio ambiente… Os caras deveriam pensar isso antes de criar um produto ecologicamente correto. Mas valeu a intenção da designer.

  2. Se quase tudo é reciclado, não faz sentido esse preço. É como a camisa nova da seleção, feita só de garrafas, mas uma fortuna!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também:

  • AUTOR

    3 respostas

    1. Pois é, desse jeito fica difícil colaborar com o meio ambiente… Os caras deveriam pensar isso antes de criar um produto ecologicamente correto. Mas valeu a intenção da designer.

    2. Se quase tudo é reciclado, não faz sentido esse preço. É como a camisa nova da seleção, feita só de garrafas, mas uma fortuna!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também: