CLOSE

Escova de dente movida a energia solar elimina a necessidade de creme dental.

Escova de dente movida a energia solar elimina a necessidade de creme dental.

Gadgets movidos a energia solar estão por toda parte, mas uma escova de dente movida a energia solar não é muito comum. Porém a melhor parte é o que essa escova de dente promete.

Desenvolvida pelo Dr. Kunio Komiyama da Universidade de Saskatchewan e fabricado pela Shiken do Japão, a escova de dentes está atualmente em fase de testes. Seus inventores estão à procura de 120 voluntários dispostos a utilizar a escova durante um período para que possam verificar a eficácia do protótipo. Apelidada de Soladey-J3X, a escova de dentes possui um painel solar em sua base que emite elétrons até o topo. Estes elétrons por sua vez irão provocar uma reação química na boca eliminando a placa bacteriana e tornando desnecessário o uso de creme dental. Porém para que tudo isso aconteça será necessária a luz solar é claro. A idéia é interessante, mas ficar sem a sensação de hálito fresco que a pasta de dente deixa na boca não deve ser nada legal.

[Via Coolest Gadgets via GoodCleanTech]

Últimas no ROCK’N TECH

Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
AUTOR

5 respostas

  1. Interessante, já até prevecho as gracinhas
    dizendo que os eletrons te fizeram perder os
    dentes, ou coisa do tipo!

  2. Parece interessante para aqueles momentos em que não se está em casa, numa viagem, etc. Daí é uma coisa a menos para carregar. Mas realmente, ficar sem aquela sensação de refrescância é ruim.

  3. PURO MARKETING!

    Esses elétrons que a escova alega emitir são desnecessários.

    A higienização com escova, quando feita da maneira correta, dispensa outros agentes por já ser suficientemente eficaz no controle e remoção da placa bacteriana.

    O creme dental pouco influi na remoção da placa, essa função é realizada pela técnica correta de escovação. A função do creme dental é fornecer íons de flúor que tornam o dente mais resistente aos ácidos das bactérias e desta forma diminuindo o surgimento de novas cáries e paralização das que já existiam.

  4. Quem será o primeiro a testar?
    Cobaia, eu não serei….se não cair os dentes como a ALE disse…futuramente poderei até testar….rsrsrrsrsrsrsrsr
    Não tem mais nada para inventarem.

  5. Que bom , agora vou mandar meu pai abrir a laje do banheiro de casa para carregar minha escova, muito obrigado vocês realmente pensam em tudo.

    Att.,

    Müller Mendes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também:

  • AUTOR

    5 respostas

    1. Interessante, já até prevecho as gracinhas
      dizendo que os eletrons te fizeram perder os
      dentes, ou coisa do tipo!

    2. Parece interessante para aqueles momentos em que não se está em casa, numa viagem, etc. Daí é uma coisa a menos para carregar. Mas realmente, ficar sem aquela sensação de refrescância é ruim.

    3. PURO MARKETING!

      Esses elétrons que a escova alega emitir são desnecessários.

      A higienização com escova, quando feita da maneira correta, dispensa outros agentes por já ser suficientemente eficaz no controle e remoção da placa bacteriana.

      O creme dental pouco influi na remoção da placa, essa função é realizada pela técnica correta de escovação. A função do creme dental é fornecer íons de flúor que tornam o dente mais resistente aos ácidos das bactérias e desta forma diminuindo o surgimento de novas cáries e paralização das que já existiam.

    4. Quem será o primeiro a testar?
      Cobaia, eu não serei….se não cair os dentes como a ALE disse…futuramente poderei até testar….rsrsrrsrsrsrsrsr
      Não tem mais nada para inventarem.

    5. Que bom , agora vou mandar meu pai abrir a laje do banheiro de casa para carregar minha escova, muito obrigado vocês realmente pensam em tudo.

      Att.,

      Müller Mendes

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também: