CLOSE

Boliche: Robô vs. Humano. Quem ganha? (com vídeo)

Boliche: Robô vs. Humano. Quem ganha? (com vídeo)

De um lado o EARL (“Enhanced Automated Robotic Launcher” ou Lançador Robótico Automatizado e Melhorado), do outro lado Chris Barnes. O robô faz parte da segunda geração de robôs que jogam boliche. Ele atira bolas de boliche a aprox. 40 km/h rotacionando-as em até 900 RPM, muito mais rápido do que um humano consegue fazer. Isso nos leva a crer que o robô seja muito melhor do que seres humanos. O problema é que seu concorrente, Chris Barnes, possui 12 títulos no PBA Tour – um importante torneio de boliche nos EUA – e ganhou o último Aberto dos EUA e o último Torneio dos Campeões. Pelo jeito a briga vai ser boa! Curioso em saber o resultado? Assista o vídeo a seguir.


O resultado do game foram muitos strikes para EARL mas alguns spares. Chris se deu bem cravando 7 strikes seguidos. Para facilitar o entendimento pra quem não conhece boliche, se fosse em uma partida de Street Fighter II, Chris teria dado um “Perfect” no robô. O grande ‘xis’ da questão é que o boliche é um jogo que depende muito de variáveis aleatórias da física. O robô é capaz de repetir exatamente o mesmo movimento, mas nem sempre os pinos voltam precisamente para o mesmo lugar. Na partida, a experiência de Chris falou mais alto. Pelo jeito nosso amigo robótico precisa ainda de alguns ajustes. Vamos ver se a terceira ou quarta geração chega lá um dia.

[Via Botjunkie]

Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
AUTOR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também:

  • AUTOR

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também: