CLOSE

13 Gifs espetaculares de fenômenos naturais do planeta Terra que vão explodir seu cérebro

6. Icebergs listrados
gifs-de-fenomenos-naturais_6-icebergs-listrados
Vídeo: mrantisocialguy/ YouTube

Encontrados na Antártida, icebergs com listras se formam de diversas formas diferentes. Suas listras azuis ocorrem quando as camadas de gelo derretem e voltam a congelar tão rápido que surgem bolhas – responsáveis por dispersar luz dando aos icebergs sua aparência. [Telegraph]


7. Penitentes – Picos de gelo das montanhas
gifs-de-fenomenos-naturais_7-penitentes
Vídeo: koolmaran/ YouTube

Os picos agudos de gelo conhecidos como “penitentes” ocorrem quando o sol penetra certas partes de neve ou gelo, transformando-o diretamente em vapor de água, sem passar pela fase líquida. Este processo também é conhecido como sublimação. O fenômeno acontece em lugares de altitude muito alta. [Physics]


8. Aurora boreal
gifs-de-fenomenos-naturais_8-aurora-boreal
Vídeo: lakefxnet/ YouTube

A aurora boreal, também conhecida como aurora polar, é um fenômeno óptico composto de um brilho observado nos céus noturnos nas regiões polares, em decorrência do impacto de partículas de vento solar e a poeira espacial encontrada na via láctea com a alta atmosfera da Terra, canalizadas pelo campo magnético terrestre. [Wikipedia]


9. Nuvens lenticulares
gifs-de-fenomenos-naturais_9-nuvens-lenticulares
Vídeo: dpaulin/ YouTube

Nuvens lenticulares se formam quando uma corrente de ar forte é forçada sobre uma montanha, criando uma série de ondas em cima dela que “não são diferentes das ondas que aparecem quando atiramos pedras nos lagos”, explica o Instituto NOAA americano. Quando o ar úmido se junta com estas ondas, aparecem as nuvens lenticulares. Este fenômeno geralmente acontece em grandes montanhas e nos meses de inverno, com ventos fortes e temperaturas frias. [NOAA]


10. Cabelos de gelo
gifs-de-fenomenos-naturais_10-cabelos-de-gelo
Vídeo: Teemu Maki-Patola/ YouTube

Os cabelos de gelo são fios de gelo que possuem a aparência de fios de cabelo. O fenômeno aparece em plantas graças a uma bactéria conhecidas como pseudomonas syringae. Elas diminuem a temperatura da planta fazendo com que a água que existe dentro dela se congele. Depois, este gelo se expande e escoa para fora das rachaduras da planta. Quando atinge o ar frio do lado de fora, ele assume a forma de estruturas semelhantes a cabelos, como vemos no gif acima. [Wikipedia]


11. Invasão de espumas do mar
gifs-de-fenomenos-naturais_11-espumas-do-mar
O evento acima aconteceu na Austrália, quando cerca de 1,2 m de espuma do mar invadiram uma cidade após uma tempestade.

Acontecem quando um grande volume de água do oceano é violentamente agitado pelo vento e pelas ondas. Neste fenômeno, formas de espuma do mar são formadas quando grandes quantidades de matéria orgânica é dissolvida, como fitoplâncton, algas e bactérias. [NOAA]


12. Rochas “andantes” do Vale da Morte, EUA
gifs-de-fenomenos-naturais_12-pedras-andantes
Vídeo: AOL video

As rochas andantes podem pesar até 700 quilos e deixam para trás rastros como os de serpentes na areia do deserto. Em 2011, uma equipe de pesquisadores enfim descobriram o que fazia com que as rochas se movessem: No inverno, pranchas em forma de gelo se formam em torno das rochas e a lama embaixo delas torna-as escorregadias. É como “uma pequena folha flutuante de gelo,” disse o cientista Ralph Lorenz ao Smithsonian.com “, com uma ‘quilha’ voltada para baixo responsável por cavar a trilha na lama.” [Smithsonian.com]


13. Flashes verdes
gifs-de-fenomenos-naturais_13-flashes-verdes
Vídeo: Peter Cook/ YouTube

Os flashes verdes são causados pela flexão da refração da luz solar. Este fenômeno separa a luz em diferentes cores, no entanto, só podemos ver o flash – que geralmente dura apenas alguns segundos – sob certas condições.

Segundo o Observatório Monte Wilson, “o flash verde é melhor observado quando você tem uma visão clara do horizonte organizada por objetos em primeiro plano e livre de poluição”. Sua cor é geralmente verde, porque é a cor que menos se espalha em relação às outras cores, e então acaba atingindo nossos olhos. [Mount Wilson Observatory]

[Business Insider]


Publicidade


Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
AUTOR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também:

  • AUTOR

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também: