CLOSE

Wimax estará disponível no Japão agora em Julho. No Brasil em breve.

Wimax estará disponível no Japão agora em Julho. No Brasil em breve.

A empresa Japonesa UQ Communication começou a oferecer o serviço de internet Wimax por um período trial de teste no Japan, e anunciou sua inteção de oferecer o serviço chamado de UQ Flat WiMax para usuários residentes em Tokyo, Osaka, Nagoya e Kyoto (na região de Osaka) à partir de 1º de Julho agora. O serviço terá como mensalidade o valor de 4,480 Yens (R$89). Pra quem na sabe, Wimax (Worldwide Interoperability for Microwave Access / Interoperabilidade Mundial para Acesso de Micro-ondas) é um serviço
de internet sem fio semelhante ao princípio de funcionamento do Wi-Fi porém de grande capacidade. As transmissões de dados podem chegar aos 1Gbps a uma distância de até 50Km (radial), com estudos científicos para se chegar a 10Gbps. A qualidade do serviço é infinatamente melhor do que a internet 3G oferecido por operadoras do Brasil. Diferente do serviço 3G, se você possui um Notebook e quiser utilizar o serviço se deslocando pela área de cobertura por exemplo, o sinal de sua internet não irá oscilar e muito menos irá cair. A Intel liderou testes de WiMAX no Brasil, desde 2004, nas cidades de Brasília (DF), Ouro Preto (MG), Mangaratiba (RJ), Parintins(AM) e, mais recentemente, Belo Horizonte (MG). A empresa já começou os testes em São Paulo. Brasil Telecom, Vivo, Telefônica e várias outras empresas já anunciaram, publicamente, planos de implementação do WiMAX no Brasil. Sendo assim, logo logo teremos Wimax por aqui também. Se quiser saber um pouco mais sobre esta tecnologia siga este link.
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
AUTOR

2 respostas

  1. Vale salientar que já há operações comerciais de WiMax no Brasil há um bom tempo. A Neovia oferece o serviço fixo em São Paulo e Embratel e Brasil Telecom também, em algumas áreas. O WiMAX, entretanto, é a versão fixa. Por questões regulatórias, ainda não é possível oferecer a mobilidade para WiMAX no Brasil. Isso deve ser definido com a nova destinação das faixas de 2,5 GHz (hoje atribuída ao MMDS) e a nova licitação das faixas de 3,5 GHz e 10,5 GHZ.

  2. Olá Lelê! Pois é, o serviço já existe no Brasil há um bom tempo. Inclusive na cidade de Campinas, próximo aonde moro, estão sendo feitos testes com este tipo serviço mas por enquanto somente entidades públicas e militares podem usufruir. Por enquanto não é um serviço disponível para a população. Sendo assim, teremos que esperar ainda um tempo pra nós (usuários comuns) termos esta comodidade. Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também:

  • AUTOR

    2 respostas

    1. Vale salientar que já há operações comerciais de WiMax no Brasil há um bom tempo. A Neovia oferece o serviço fixo em São Paulo e Embratel e Brasil Telecom também, em algumas áreas. O WiMAX, entretanto, é a versão fixa. Por questões regulatórias, ainda não é possível oferecer a mobilidade para WiMAX no Brasil. Isso deve ser definido com a nova destinação das faixas de 2,5 GHz (hoje atribuída ao MMDS) e a nova licitação das faixas de 3,5 GHz e 10,5 GHZ.

    2. Olá Lelê! Pois é, o serviço já existe no Brasil há um bom tempo. Inclusive na cidade de Campinas, próximo aonde moro, estão sendo feitos testes com este tipo serviço mas por enquanto somente entidades públicas e militares podem usufruir. Por enquanto não é um serviço disponível para a população. Sendo assim, teremos que esperar ainda um tempo pra nós (usuários comuns) termos esta comodidade. Abraço!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • • veja também: