Os superssecretos aviões de investigação criados pela Força Aérea Americana não são nada perto do próximo projeto da corporação. Vêm aí os espiões em miniatura, como este que vemos na imagem acima. Veja a seguir mais informações e um vídeo sobre o projeto.

O trabalho está sendo desenvolvido pelo Laboratório de Pesquisas da Força Aérea Americana na base aérea de Wright-Patterson. De acordo com os engenheiros envolvidos na experiência, a existência de pequenos sensores de movimentos superssensíveis possibilitaram a criação de aeronaves com cerca de um décimo de uma polegada (cerca de 2,5 mm).

Essas aeronaves têm o formato de pequenas moscas robóticas. Dentro delas não há nada mais do que minúsculos circuitos e um supermini motor responsável pelos movimentos das asas do robô. Não, não há câmeras nele, pelo menos não por enquanto.

As informações sobre o desenvolvimento do projeto estão sendo tratadas, até então, como sigilosas, mas podemos ter absoluta certeza de que eles estão trabalhando em algo muito mais avançado, certamente com captura de imagens. Parece que aquelas moscas espiãs que antes víamos apenas nos cinemas estão cada vez mais próximas de se tornar realidade. Portanto, se o seu repelente não funcionar, já sabe, você está sendo espionado.

[The Telegraph via OhGizmo]

veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!

close-link