Os Blackberries, iPhones e Galaxies entre outros foram criados para ajudar os humanos facilitando a comunicação entre eles. Além de apenas receber ligações, a maioria de nós sabemos a infinidade de coisas que smartphones são capazes de fazer, como: enviar e receber emails, mensagens, acessar redes sociais etc, mesmo que sejam usados apenas para trabalhar.

Mas o que parecia ser uma solução acabou por gerar mais um problema. De acordo com um estudo recente, alguns se tornaram tão obsessivos checando emails, mensagens ou recados em redes sociais que acabaram se estressando. Alguns chegam a até mesmo ter a sensação de sentir seu smartphone vibrar no bolso sem que isto tenha acontecido de verdade.

Isto é o que pesquisadores da ‘Divisão Psicológica Britânica’ revelaram em uma Conferência sobre Psicologia Ocupacional realizada em Chester, Inglaterra. Mais de 100 voluntários, incluindo estudantes e trabalhadores de diversas áreas, participaram de uma pesquisa onde tiveram que responder um questionário e se submeter a testes psicométricos de estresse.

Os resultados mostraram que os níveis de estresse de cada um está mais ligado ao uso de smartphones do que à sua carga de trabalho. O estresse está ligado ao número de vezes que as pessoas checam seus recados em seus smartphones, sendo que pessoas com um índice de estresse muito elevado chegam até mesmo a sentir “vibrações fantasmas” em seus aparelhos quando estes estão no bolso, mesmo sem terem recebido qualquer mensagem ou recado.

Os pesquisadores disseram que a maioria das pessoas que se encontram neste nível extremo de estresse são os que receberam o smartphone da empresa, para “auxiliá-los” em seu trabalho. Porém após começarem a usar seus aparelhos, notou-se que além de estarem conectados às suas tarefas pertinentes ao trabalho, eles passaram a se conectar também com maior frequência em suas redes sociais e mensagens SMS.

O pesquisador Richard Balding da Universidade de Worcester, Inglaterra, liderou a pesquisa. “Os empregadores devem seriamente considerar a carga que os smartphones oferecem aos seus empregados”, disse ele. “O uso de smartphones está crescendo em um ritmo acelerado e estamos propensos a ver um aumento no estresse associado ao uso de redes sociais. As organizações não irão prosperar se seus funcionários estiverem estressados​​, independentemente da fonte de estresse, por isso é importante considerar incentivar seus funcionários a desligar seus aparelhos e parar de enviar emails a eles fora do horário de trabalho, reduzindo por sua vez a frequência de vezes em que eles se conectam a eles.”, afirma.

[Via The Telegraph]

veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!

close-link