son-goku-indiano

E você pensou que homens com cauda eram coisa de desenhos animados japoneses? Um jovem indiano de 18 anos de idade (não identificado) se submeteu na semana passada a um procedimento cirúrgico para remoção de uma “cauda” de cerca de 18 cm de comprimento. A cauda começou a crescer quando ele tinha apenas 14 anos. Até agora ele é o humano com a maior “cauda” que se tem notícia. Veja mais informações e um vídeo a seguir:

Os médicos dizem que o menino desenvolveu a condição enquanto ainda estava no útero de sua mãe, devido a uma deformidade de seu tubo neural, mas o problema apenas ficou evidente quando ele completou 14 anos de idade. A “cauda” começou a crescer nas costas do rapaz logo após seu aniversário de 14 anos até atingir o comprimento de 18 cm, quando seus pais então resolveram procurar médicos especialistas.

Os médicos disseram que o caso merece destaque em uma revista médica por ser a “cauda humana” mais longa registrada até então. As outras registradas não passaram de cerca de 15 cm de comprimento.

Os pais do rapaz demoraram para procurar os médicos porque tiveram medo de expor seu filho. Mantendo a identidade do garoto sob sigilo, finalmente decidiram buscar uma solução para o problema de seu filho. A mãe do rapaz disse: “Eu estava levando-o para os médicos para exames de rotina, mas ninguém nunca me disse nada sobre o problema. Meu filho sempre foi absolutamente normal. A condição passou a se tornar um problema de verdade quando a cauda ‘cresceu e saiu para fora do corpo dele’ – Ele simplesmente tinha que ‘levantar a cauda’ toda vez que precisava trocar de roupa. Percebemos que era muito constrangedor e doloroso para ele, então finalmente o levamos para um hospital.”

Uma equipe de neurocirurgiões de um Hospital especializado em casos como este removeu com sucesso a cauda do rapaz. O chefe do departamento de neurocirurgia e líder da equipe que operou o rapaz, Dr. Pramod Giri, disse: “Embora a família soubesse sobre o crescimento incomum da ‘cauda’, eles não procuraram um médico devido ao estigma social e à superstição ligada a ela. Geralmente, o problema é detectado mais cedo, uma vez que cresce com uma idade que não há como permanecer sem ser visto. Mas os pais, bem como o rapaz, esconderam o problema durante todos estes anos. Quando aparece mais cedo, o defeito pode ser corrigido cirurgicamente dentro de poucos meses após o nascimento.”

Dr Giri disse também: “Este caso é muito raro e exige uma apresentação em uma revista médica como a ‘cauda’ aparentemente mais longa registrada até agora.”

[ebaum’s world]

Tags:
veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!

close-link