Fontes próximas da Apple revelaram ao site americano Bloomberg que um time de 100 funcionários da gigante Apple estão envolvidos em um novo projeto, um relógio de pulso inteligente que vem sendo apelidado até então de iWatch. Ainda de acordo com o Bloomberg, James Foster – diretor sênior de Engenharia da empresa e outro gerente da empresa estão liderando o desenvolvimento do novo projeto, que já está em fase experimental.

Em seu discurso em São Francisco, EUA, ontem na conferência ‘Goldman Sachs’ sobre Tecnologia e Internet, Tim Cook – C.E.O. da empresa – disse que “a cultura de inovação da Apple nunca esteve tão forte”. “A ousadia, ambição e crença que não existem limites, o desejo de fazer os melhores produtos do mundo, está mais forte do que nunca. Está no DNA da empresa”, completa.

Diversos relógios de pulso inteligentes já passaram aqui pelo nosso blog como o Smart Watch da Google que roda Android, o Samsung Proxima e o próprio iWatch, este conceito que vemos na imagem acima, porém todos os modelos em caráter conceitual.

Ainda não se sabe como será este novo aparelho, mas de acordo com o jornal americano The New York Times, suspeita-se que o iWatch tenha um novo tipo de vidro flexível conhecido como ‘Willow Glass’, permitindo o touchscreeen em uma superfície curva e que teria funções próximas às que encontramos em smartphones. Poderia ser usado para checar e-mails, para navegação GPS ou até mesmo monitorar nossa saúde e atividade física, já que permanecerá quase que praticamente o dia todo em nosso pulso. O jornal ainda completa dizendo que o relógio poderá ter iOS, o mesmo sistema operacional usado no iPhone e iPad.

O jornal The Wall Street Journal também deu indícios sobre o lançamento. O jornal reportou que a Foxconn, principal fornecedor de manufatura da Apple, já está experimentando novas tecnologias como displays e chips mais eficientes, isto permitiria que futuros aparelhos da empresa tivessem um menor consumo bateria, ideal para relógios de pulso visto que seria “penoso” ter que recarregar a bateria do relógio todos os dias assim como fazemos com nossos smartphones. E aí, será que teremos um “iPhone de pulso” em breve? Vamos aguardar.

[Bloomberg]

Tags:
veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!