Parece que os seres humanos querem mesmo que os robôs assumam o controle, pois existem robôs que são criados para os mais variados objetivos que vão desde encarar o papel de melhor amigo do homem, jogar sinuca, serem construtores, fazerem faxina em casa, operarem em rodovias e até servirem como garotas de programa (essa é boa). Este que vamos conhecer hoje foi programado para matar salvar vidas em campos de batalha. O problema é que ao assistirmos um vídeo do robô em ação não é essa a impressão que temos.


Seu nome é BEAR, abreviação de “Battlefield Extraction-Assist Robot” ou em bom português “Robô de Assistência e Extração em Campos de Batalhas”. O problema é que só de olharmos pra ele vindo em nossa direção já teríamos motivos de sobra para sairmos correndo mesmo se estivermos com as pernas amputadas. Que salva-vidas que nada! No vídeo podemos perceber sua capacidade de quebrar portas, esmurrar objetos e passar por cima de qualquer coisa que estiver à frente. Já pensou se ele cai em mãos erradas? Será o nosso fim. =\

[Via technabob]

veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!

close-link