Este peixe que você vê na imagem acima não é como qualquer peixe, ele faz parte de um experimento que o transformou no “peixe mais feliz do mundo”. Isto porque o aquário onde vive é adaptado com sensores que monitoram os movimentos dele e os converte em movimentos reais. Enquanto o peixe nada ali dentro, sua posição em relação ao centro do aquário é interpretada pelos sensores e o aquário se movimenta na mesma direção. O mesmo acontece com a velocidade, quanto mais próximo das extremidades do tanque, mais rápido o aquário se movimenta.

A invenção foi criada por um grupo de estudantes para o Build18, um festival anual de engenharia organizado pela universidade americana Carnegie Mellon University. “Estávamos sentados um dia tentando pensar em idéias de projetos quando avistamos o peixe e achamos que seria incrível se ele pudesse nos acompanhar por aí,” disse Zachary Newman, um dos estudantes responsáveis pela criação do projeto.

Os criadores afirmam que construíram o ‘aquário robô’ em três dias, mas disseram que estão planejando fazer uma versão melhorada dele, utilizando materiais mais inovadores que serão cedidos através de um patrocínio da Intel. Peixes controlando robôs… Pensou que já tinha visto de tudo? Assista ao vídeo a seguir:


Sua vida não é como a de qualquer peixe. Com o projeto, ele pode descobrir o gostinho da liberdade que nenhum peixe nunca descobriu

Conforme ele se movimenta em relação ao centro do tanque, um sensor identifica seus movimentos e faz com que o tanque se movimente na mesma direção.

Assista ao vídeo

[reddit]

veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!

close-link