Usada em diversos modelos de e-book readers atualmente, o e-ink, também conhecido como “tinta ou papel eletrônico” é uma tecnologia que procura imitar o papel convencional que conhecemos com uma impressão eletrônica de textos ou imagens, que podem ser apagadas ou alteradas a qualquer momento sem necessidade de um novo papel. Uma empresa britânica do ramo bélico chamada BAE pretende em breve ‘adaptar’ esta mesma tecnologia em tanques de guerra para camuflá-los no meio dos cenários dos campos de batalhas. Mais informações a seguir.

A empresa não divulgou muitos detalhes sobre o projeto, mas sabe-se que um conjunto de sensores serão responsáveis por analisar cuidadosamente o terreno externo coletando informações importantes sobre o cenário em sua volta, como cores, formas e linhas. Estes sensores enviarão estas informações para o sistema eletrônico do tanque, que por sua vez irá preencher a sua superfície externa com uma imagem baseada nas informações coletadas, camuflando o tanque.

A idéia de se usar e-ink se deve ao fato da possibilidade de se reproduzir praticamente qualquer cenário. Com ela empregada nos tanques o exército britânico poderá contar também com estratégias de ataque surpresa ou esconder-se dependendo da situação. Por enquanto a tecnologia está em fase embrionária em desenvolvimento pela BAE Systems, mas de acordo com a empresa talvez em alguns anos já existirão protótipos em testes nos campos de batalha. Aos demais exércitos do mundo só lhes resta redobrar a atenção.

[Via Ubergizmo]

veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!

close-link