maldicao-neb-senu-museu-manchester

O egiptologista Campbell Price descobriu o mistério. A estatueta se mexe sozinha, será uma maldição?

Aqueles que gostam de histórias sobre maldições do faraó ou sobre pirâmides assombradas vão adorar esta notícia. Mais intrigante do que as maldições dos faraós egípcios é maldição de Neb-Senu, uma pequena estatueta egípcia que vem tirando o sono de cientistas e egiptologistas responsáveis pela análise do caso curioso. A estatueta está em exposição no museu de Manchester, Inglaterra.

Segundo os egiptologistas, a estatueta de 4 mil anos de idade foi criada para servir de oferenda a Osiris, o deus egípcio da vida pós-morte (quem aí lembrou de Stargate SG-1?). Durante vários dias, a estatueta egípcia passou a girar sobre seu próprio eixo dentro da vitrine até ficar de costas aos visitantes, e todos os dias os responsáveis pelo museu precisavam colocá-la novamente em sua posição original.

maldicao-neb-senu-museu-manchester_2

A estatueta se manteve dentro de uma vitrine, sem qualquer contato físico com visitantes ou funcionários.


maldicao-neb-senu-museu-manchester_3

Neb-Senu levou 36 h para girar 180º. Os movimentos aconteciam somente durante o dia.


Este é sem dúvida o acontecimento mais estranho sobre Egiptologia que já aconteceu nas últimas décadas. Até agora não descobriram se o movimento é causado propositalmente por algum funcionário ou se realmente há alguma explicação científica sobre os movimentos. Quando procurado pelo jornal britânico DailyMail, um professor de física chamado Brian Cox disse ao jornal que a explicação pode estar debaixo da terra, ligada ao campo magnético da terra, mas até agora nada foi confirmado. Seja qual for a solução, o enigma pelo menos tem sido bom para o Museu de Manchester, pois tem atraído centenas de novos visitantes todos os dias.

O giro da estatueta foi capturado por uma câmera do museu em time-lapse (assista ao vídeo acelerado mais abaixo). O vídeo foi analisado por egiptologistas e cientistas e constatou-se que durante o giro completo da estátua ninguém teve contato físico com ela. O administrador do museu Campbell Price (29), diz que acredita em uma explicação “espiritual”. “Um dia cheguei aqui e notei que a estatueta havia se virado”, disse ele. “Eu achei estranho, porque ela está protegida em uma vitrine com um vidro extremamente reforçado, e eu sou o único que tem a chave. Então abri e a coloquei de volta em sua posição original, mas no dia seguinte ela havia girado novamente”, completa.

Price disse ainda que de acordo com uma lenda egípcia, quando uma múmia é destruída uma estatueta oferecida a ela podia ser usada como “corpo alternativo” para abrigar o espírito da múmia. A estatueta Neb-Senu é datada de 1800 AC e foi doada ao museu em 1933, porém só agora começou a se comportar desta forma. O estranho é que como podemos perceber no vídeo, a estatueta somente se move durante o dia. O vídeo corresponde a 3 dias de gravação, ou seja, levou 3 dias até que a estatueta girasse 180 graus.

Intrigante realmente é, mas pra mim tem armação do próprio museu nesta história. O jeito é aguardar para descobrir a resposta, ou não.

A matéria foi publicada no jornal britânico DailyMail.

veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!