Eles ainda não podem comprar bebidas, mas já conseguem criar viagens espaciais, pelo menos é isto que dois jovens canadenses fizeram: construíram um balão com a finalidade de enviar para o espaço um minifig de LEGO e, é claro, capturar imagens e um vídeo da fantástica viagem do Senhor Minifig. Veja o vídeo e uma galeria com imagens capturadas durante a viagem a seguir.

Mathew Ho (17) e seu amigo Asad Muhammad (17) trabalharam no projeto em casa mesmo. O balão tinha capacidade para apenas 1 passageiro (o Sr. Minifig de LEGO) e 4 câmeras. O incrível é que após tudo pronto, o balão atingiu 24 mil metros de altitude em relação ao nível do mar, cerca de 3 vezes a altitude alcançada por aviões comerciais.

A fantástica viagem do Sr. Minigig durou 97 minutos e foi eternizada pelas imagens das câmeras que capturaram toda a aventura. O projeto custou aos jovens a quantia de US$ 400 e levou 4 meses de “Sábados livres” para ficar pronto. O interessante é que isto não é nenhum trabalho de escola não, eles simplesmente fizeram porque “achavam que seria legal”.

“Nós não acreditávamos que poderíamos fazer isso até realmente fizéssemos”, disse Mathew Ho, um dos jovens. “Este projeto mostrou um tremendo grau de desenvoltura,” disse o Dr. Michael Reid, um astrofísico da Universidade de Toronto, Canadá, após ver as imagens capturadas pelos jovens. Projetos semelhantes haviam sido realizados até então somente por estudantes de doutorado, disse ele, “Para dois garotos de 17 anos, fazer isso por conta própria é realmente impressionante”, afirma. Veja abaixo as imagens capturadas na aventura, clique nelas para ampliá-las.

Mathew decidiu criar o projeto há dois anos atrás após assistir um vídeo online capturado por um balão enviado para o espaço por estudantes do Instituto de Tecnologia de Massachusetts. Então ele decidiu fazer o mesmo por conta própria. Muhammad foi convidado por Mathew, pois Mathew sabia que Muhammad era apaixonado por qualquer coisa que voa.

O balão meteorológico usado no experimento custou US$ 85. Juntamente com o balão eles utilizaram um pára-quedas, feito de nylon e costurado pela própria mãe de Muhammad e suportes para prender as câmeras. Eles carregaram o balão com US$ 160 de de gás Hélio, o suficiente para que ele atingisse uma altitude que fosse possível observar a curvatura do planeta Terra.

Diversos testes e cálculos foram feitos aque que o resultado final fosse atingido com sucesso. Não é algo tão impressionante em vista do que os cientistas da Nasa já fizeram ou fazem, mas trata-se de uma brilhante iniciativa e com certeza momentos inesquecíveis que o Sr. Minifig jamais esquecerá.

[The Star via The Brothers Brick ]

Tags:
veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!

close-link