firefox-os

Tenho lido muitas matérias por aí sobre o Firefox OS e seu impacto no mundo dos smartphones, mas muitos não notaram o mais importante. Durante algum tempo ter um smartphone era privilégio de gente rica, mas com o passar do tempo novas tecnologias surgiram, a Nokia lançou o Symbian e posteriormente o Google lançou o Android, o mundo dos celulares ganhou um aspecto mais dinâmico, onde ter um smartphone se tornou algo mais viável, e então indispensável.

Quando pensamos nos smartphones atuais, logo pensamos nos ‘Galaxys’ e nos ‘iPhones’, só que ouso dizer que (haters gonna hate) esses modelos não são nada quando comparados à revolução que está por vir, estou me referindo justamente ao Firefox OS, e vou além, me refiro aos “smartphones de baixo custo”.

Vamos pensar matematicamente: No Brasil cerca de 15% de usuários da telefonia móvel têm smartphones, portanto todos os outros 85% usam celulares mais básicos. Dúvida: qual seria o motivo de tamanha diferença? A qualidade, o preço, a facilidade de uso? Vamos então considerar estes três pontos:

windows-phone-ios-android

Facilidade de Uso

Podemos considerar como primeiro ponto a facilidade de uso. Já tentou ensinar seus avós a usar o celular? Minha sabia apenas atender o telefone e nada mais. Meus pais conseguem ligar, mas se os presenteasse com um aparelho Android eles provavelmente iriam reclamar e com certeza iriam preferir voltar pros celulares mais antigos.

Qualidade importa sim!

Em segundo lugar vamos considerar a qualidade. Já ouvi gente falando que voltar para os “Nokias antigos” não seria má ideia, pois mesmo que este caísse do 3º andar ele ainda funcionaria belezinha, sem problema algum! O pior é que eles têm razão! Agora nem pense em derrubar seu Lumia do alto de uma TV. Muitas pessoas preferem os modelos mais duráveis, portanto fogem de aparelhos mais frágeis, um grave defeito de alguns smartphones da atualidade.

O Preço e o Peso no bolso

O último aspecto, mas não menos importante, é o preço. Quem é que prefere pagar R$ 300 a R$ 400 a mais em um modelo por causa de uma função de reconhecimento facial? É um recurso bacana? Claro que é, mas eu não pagaria por isso, meu dinheiro é muito suado pra que eu jogue ele fora assim tão fácil.

Por falarmos em dinheiro suado, vamos falar sobre o maior nicho de mercado do mundo: A classe média baixa dos países emergentes. Nesse nicho quem domina hoje é o Android, mas devemos admitir que um aparelho de baixo custo não consegue manter um sistema rodando lisinho, e que travamentos e erros são comuns em aparelhos desse nível, tornando essa uma péssima opção pra quem quer um uso satisfatório.

Temos a opção dos “Windows Phones” com seus preços mais leves, onde podemos encontrar aparelhos como o Lumia 520 por volta dos R$ 500 aqui no Brasil, mas mesmo essa grana pode ser muito dinheiro pra maioria. Pensando nessa “maioria” é que lançaram o Firefox OS, que tem como foco principal a América Latina e as partes menos desenvolvidas da Europa.

O sistema da Mozilla foi desenvolvido especialmente para telefones de baixo custo, ele consegue reproduzir tudo de forma satisfatória, pois foi pensado de uma forma a reduzir os custos sem perda da qualidade, tornando assim a experiência do usuário muito melhor do a que ele teria usando um aparelho Android de baixo custo por exemplo.

Quanto custa? Pra termos uma ideia dos valores, o celular ZTE Open deve chegar ao Brasil custando entre R$ 200 e R$ 300. Um custo consideravelmente inferior comparado com o preço de R$ 500 dos concorrentes mais próximos. Ainda não sabemos se o aparelho “suportará uma queda de cima da TV”, também não sabemos todos os detalhes sobre como será o tão esperado novo sistema Firefox OS, mas aposto minhas fichas nele e nos aparelhos que virão com ele. De qualquer forma quanto mais concorrência melhor, pois nessa quem sai ganhando somos nós, os consumidores.

Tags:
veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!