Especial: 15 anos de Playstation no mundo!

Por: - 03/12/09 às 11:02 pm
113 visualizações
EspeciaisGames

Nem dá pra acreditar que já fazem 15 anos que o Playstation chegou ao mundo. Acho que estou ficando velho mesmo, pois passei muitas e muitas horas jogando ele. O Playstation foi oficialmente lançado em 1994 no Japão e no resto do mundo cerca de 1 ano depois. Muitos foram os jogos que marcaram a plataforma. […]

Porquê fez tanto sucesso no Brasil?

Não demorou muito para se encontrar CDs piratas em bancas de cambistas e depois de um tempo descaradamente em locadoras de Games por todo território nacional. Creio eu que isso é que deve ter alavancado seu sucesso no Brasil. Nunca antes houve um videogame com tamanha qualidade de gráficos e som que tivesse jogos sendo vendidos com um preço tão baixo. Era possível encontrar por exemplo, jogos por até R$3,00.

Xiii, meu canhão pifou…

Com o tempo, o uso de mídias alternativas trazia sequelas ao aparelho e depois de pouco tempo seu canhão já não oferecia o mesmo rendimento, até que de fato fosse necessário substituí-lo. Trabalhava em uma locadora de games na época da explosão do console. Tínhamos na locadora uma série de aparelhos e televisões onde a molecada pagava para jogar por hora. Era o console da vez, um sucesso! Lembro-me como se fosse hoje que em pouco tempo os consoles já não aguentavam de tanto ficarem ligados praticamente o dia todo e para que funcionassem, era preciso deixá-los de ponta cabeça. E não é que a “gambiarra” funcionava?! A troca do canhão era cara e não compensava. Então todos que podiam, passaram a comprar um novo console pois ninguém queria perder as dezenas de jogos que possuía. Era muito mais fácil substituir o console por um novo e desbloqueá-lo do que passar a comprar jogos originais, que na época custavam cerca de R$100,00 cada. O resultado disso: Sucesso absoluto de vendas de Playstations no Brasil e no mundo! Na época seu maior concorrente era o Nintendo 64 com inovadores 64 bits de aceleração gráfica. Mas ainda não existiam cartuchos piratas para ele, e ele acabou não fazendo o mesmo sucesso.

Eis que a Sony anuncia o Playstation 2!

Em 2001 a Sony anunciou o PSOne, o playstation original, só que mais fino. Mas um pouco antes disso, no ano 2000, um novo console havia sido anunciado pela Sony, o Playtation 2. Seus jogos eram melhor elaborados e seus gráficos eram tão surpreendentes que prendiam a atenção das pessoas. Isso graças ao seu processador revolucionário, de 128 bits. Havia até uma estória que contavam que o Iraque estava comprando centenas de consoles para construir mísseis inteligentes com os processadores retirados deles para bombardear os EUA. É claro que nem todo mundo acreditou, mas isso serviu pra fazer dele um “mito”. Tanto é que ele é o Videogame que mais vendeu consoles e games do mundo!

Tio, você vende Play2 desbloqueado?

Depois de um tempo, é claro que o óbvio haveria de acontecer. Já era possível destravar o console e para isso existiam diversos tipos de desbloqueadores no mercado, como o Matrix, Venus, Libertador, Thunder e Magic por exemplo. O mais usado era o Matrix, pois era mais fácil de ser instalado e o risco de ter o console danificado era menor que os demais. Seu desbloqueio fez dele o videogame que mais vendeu jogos e consoles no mundo. Isso acontece até hoje. Eu mesmo tenho um Playstation 2 e sempre que passo em frente a alguma locadora entro para fuçar na pasta de jogos dele que estão sendo vendidos.

Uau! Olha esse gráfico cara! Animal!

Centenas de jogos fizeram sucesso no console. Seus gráficos eram de encher os olhos de qualquer marmanjo da época. O que colaborava pra que isso acontecesse era sua GPU 3D capaz de criar 75 milhões de polígonos por segundo em condições ideais, com performance de 6.2 GFLOPS. Dessa forma era muito mais fácil explorar o realismo e criar jogos surpreendentes. Arrisco a citar alguns jogos que mais marcaram a plataforma, como por exemplo o Prince of Persia – Sands of Time, Metal Gear Solid 2, Resident Evil 4, God of War 2, Medal of Honor, a série Guitar Hero e a série de futebol Winning Eleven com versões narradas até em português brasileiro. Se for escrever tudo sobre todos os jogos citados acima ficaria o dia todo falando deles. Então decidi escolher citar especialmente sobre um que não está na lista acima, o GTA.

Estou com vontade de roubar um carro e atropelar pessoas!

Sim, era possível matar a curiosidade sobre como seria viver no mundo do crime sem ter que ir pra cadeia ou pagar fiança na vida real. O Grand Theft Auto, ou GTA é um jogo fabricado pela Rockstar e teria chegado ao console com sucesso absoluto com cerca de 40 milhões de cópias vendidas em todo o mundo. Era um jogo envolvente, pois só nele era possível pular de um prédio e não morrer se estivesse munido de um colete à prova de balas. Só nele era possível roubar um carro, matar policiais e realizar uma fuga cinematográfica e depois de um certo tempo ter seus crimes esquecidos pela justiça. Era muito fácil roubar um carro, atropelar velhinhas inocentes, realizar assaltos a mão armada, se divertir com prostitutas e depois matá-las para recuperar seu dinheiro, se divertir com veículos de todos os tipos e até com tanques de guerra, helicópteros e aviões de guerra, completar missões bem elaboradas, isso tudo curtindo um bom rock’n roll clássico no rádio do carro. O jogo teve várias versões, mas os que mais fizeram sucesso foram o Vice City e o San Andreas. É com certeza na minha opinião o jogo que mais marcou o console.

O que era bom ficou ainda melhor. Nasce o Playstation 3, ou PS3 para os íntimos.

Em 2007 a Sony apresentou o PS3 e em 2008 o PSP que se tornou imensamente popular. O PS3 não teve o mesmo sucesso de vendas que seus antecessores, talvez devido ao seu preço ser muito mais salgado. Ele nos trouxe jogos com qualidades gráficas ainda mais surpreendentes nunca vistas em qualquer outro console. Junto com ele a Sony incorporou uma inovação, o Blu-ray. O PS3 também trouxe consigo um disco rígido de 40 e 80 GB. A palavra da vez é conectividade. Com ele é possível se conectar a uma rede Wifi e usufruir de conteúdo disponível na Internet. Por ter tantas qualidades, seu preço foi às alturas. No início de 2009 a Sony decidiu lançar a versão Slim do console com um preço mais justo e com mais espaço na HD, 120GB. Mas a tática só funcionou lá fora. Aqui no Brasil infelizmente não sei porque cargas d’água, os comerciantes não seguiram a mesma linha de raciocínio e decidiram elevar ainda mais o preço da versão Slim. Isso desestimulou ainda mais os gamers que passaram a procurar por consoles importados. O console por enquanto não possui método de destravamento. Os games são muito caros com preços que variam entre R$99 a R$300. Inacessível para grande parte dos brasileiros, aqui ele ainda não emplacou. Mas não deixa de ser o videogame dos sonhos dos gamers do Brasil. Pra finalizar, só me resta dizer: Parabéns Playstation! Você merece nosso reconhecimento por ser e ter sido a máquina de diversão mais influente das crianças de ontem e de hoje e dos homens de hoje e senhores de amanhã.

Visite a página criada pela Sony em comemoração dos 15 anos do Playstation neste link.

Tags:
veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!

close-link