Quanto mais o tempo passa mais as cidades crescem e o verde vai sendo substituído por cimento, tijolos, asfalto etc. Qual seria a solução para este problema antigo das grandes metrópoles? Criar áreas verdes controladas. Em São Paulo, a maior e mais populosa cidade do Brasil, existem muitas praças e um enorme parque urbano, o Ibirapuera, mas ainda não são suficientes para uma boa qualidade de vida dos moradores. A cidade de Nova York, EUA, enfrenta o mesmo problema. Para resolver este problema três empreendedores encontraram um método inovador, eles planejam transformar a estação de metrô abandonada da Delancey Street em Nova York em um enorme jardim subterrâneo. Veja mais imagens do projeto a seguir, clique nelas para ampliá-las.


O pai do projeto é o engenheiro James Ramsey, juntamente com Dan Barasch, CEO da rede PopTech e R. Boykin Curry, um gerente administrativo. O projeto apelidado de “Delancey Underground Project” será o primeiro criado na cidade e ocupará praticamente toda a área do bairro Gramercy Park em Manhattan.

James Ramsey teve a idéia após descobrir que havia uma enorme área subterrânea desperdiçada em Manhattan. “Isso me fez pensar em como poderia ocupar estas áreas novamente transformando-as em lugares públicos”, disse. Para transformá-las em áreas verdes era necessário que estas áreas tivessem luz natural, necessária para a fotossíntese das plantas. Até um certo tempo atrás fazer isto era algo complicado, mas com as novas tecnologias agora é viável.

Ramsey é um engenheiro da NASA e especialista em tecnologias em satélites. Para resolver o problema de ausência de luz natural ele desenvolveu uma tecnologia capaz de capturar e distribuir luz natural em lugares subterrâneos, permitindo dessa forma que as plantas cresçam e se desenvolvam.

A luz é coletada e canalizada através de fibras óticas. Lá dentro as fibras são distribuídas para diversas gôndolas fixas no teto em pontos estratégicos, que se encarregam de distribuir a luz para todos os lados. “As plantas então poderão crescer no subterrâneo”, diz Ramsey, “graças à engenharia elas podem ter não só luz, mas também temperatura e níveis de água controlados”, complementa. O Delancey Underground Project é até o momento apenas um conceito.

[Via Gizmag]

veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!

close-link