Um time de Engenheiros da IBM criaram uma tecnologia que permite que componentes eletrônicos (chips) se comuniquem entre si usando luz ao invés daquelas antigas fitas de fios que são usadas até hoje. A tecnologia consiste basicamente de um conjunto de minúsculos chips de silício, que são chamados por eles de “Nanophotonic Avalanche Photodetectors”, do inglês “Fotodetectores Nanofotônicos de Avalanche”, capazes de converter sinais elétricos em sinais luminosos para se comunicarem entre si oferecendo uma surpreendente velocidade de comunicação entre eles na ordem de […] […] 40GB/s, ou seja, 40 bilhões de bits por segundo. Eles fazem isso através de pequenos pulsos de luz que são interpretados e convertidos novamente em pulsos elétricos. Esta próxima geração de comunicação eletrônica será a base da futura geração de Super Computadores, possibilitando um menor consumo de energia e portanto ajudará a preservar o meio ambiente. Estes componentes da IBM irão explorar o “avalanche effect” (efeito avalanche) do germânio – material usado geralmente na construção de microprocessadores – em que os sinais emitidos são amplificados pelos próprios chips antes de serem enviados para o próximo chip. Espera-se que estes componentes sejam produzidos nos mesmos padrões tradicionais atualmente usados na larga fabricação de chips, visto eles já usarem materiais utilizados na produção de outros componentes. Ainda não se sabe quando a novidade integrará sistemas para os usuários finais. Veja a seguir um vídeo com uma demonstração da nova tecnologia.


URL do vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=RWhcwVxI2sQ

[Via Geeky-Gadgets]

Tags:
veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!

close-link