cidade-sobre-aguas-freedom-ship_1

Com um investimento de mais de US$ 10 bilhões, o super navio pesará cerca de 2,7 milhões de toneladas. (Clique para ampliar)

O projeto é ambicioso: Uma cidade em forma de navio que irá percorrer o globo, migrando de um país para outro, nunca ficando muito tempo no mesmo lugar para que nenhum dos tripulantes se cansem da paisagem ou fiquem irritados com o clima. Essa é a proposta do Freedom Ship, o primeiro barco do mundo em forma de cidade. Parece perfeito, pelo menos para os que não ligam de morar em um lugar que se parece um “prédio estacionamento” de carros.

Seus projetistas divulgaram imagens geradas por computador do como eles esperam que o meganavio seja. Ele teria espaço suficiente para abrigar 50 mil residentes permanentes dentro de seus 25 andares e teria escolas, hospitais, galerias de arte, lojas, parques, um aquário e um casino. Teria até mesmo seu próprio aeroporto no telhado, com uma pista para servir pequenas aeronaves particulares ou comerciais de até 40 passageiros.

cidade-sobre-aguas-freedom-ship_2

Visitantes e moradores seriam capazes de deixar o navio, seja de avião ou de barco, graças a uma doca na parte traseira, por onde o navio também receberia suprimentos quando necessário. (Clique para ampliar)

Roger M. Gooch, diretor e vice-presidente da empresa Freedom Ship International, disse: “O Freedom Ship será o maior navio já construído, e a primeira cidade flutuante criada pelo homem.”

Sua empresa está tentando levantar cerca de US$ 10 bilhões, ou mais, que estimam ser necessários para transformar o sonho, que já tem vários anos de planejamento, em uma realidade a longo prazo. “Este será um projeto com um investimento pesado, e a economia mundial nos últimos anos não tem sido muito favorável para projetos como este,” acrescentou Gooch. “Porém nos últimos seis meses temos tido cada vez mais interesse de empresas no projeto, estamos com esperança que conseguiremos levantar US$ 1 bilhão de investimento para começar a construção em breve.” O navio iria gastar 70% de seu tempo ancorado em grandes cidades de diversos países. Veja mais imagens do fantástico navio a seguir:

cidade-sobre-aguas-freedom-ship_3

Para conseguir energia o super navio será construído com painéis solares e também com tecnologia de captura de energia através das ondas do mar. (Clique para ampliar)

A primeira viagem dele começaria a partir da costa leste dos EUA, atravessaria o Atlântico rumo à Europa até chegar no Mediterrâneo. Em seguida passaria pelo extremo da África e depois seguiria viagem até a Austrália. Depois para a Ásia Oriental, aproveitariam o verão na América do Sul e então voltariam para a América do Norte, quase 1 ano depois de sua partida.

Se concluída, o Freedom Ship terá 228 m de largura, 1,3 km de comprimento e 106 m de altura – será aproximadamente três vezes maior do que o navio cruzeiro Queen Mary II. Toparia morar nele?

cidade-sobre-aguas-freedom-ship_4

O aeroporto ficaria no convés superior do navio. Os aviões poderiam pousar e decolar dele mesmo quando o navio estivesse em movimento (Clique para ampliar)

cidade-sobre-aguas-freedom-ship_5

A figura ilustra uma parte transversal do navio. Após construída, a embarcação terá 228 m de largura, 1,3 km de comprimento e 106 m de altura.

cidade-sobre-aguas-freedom-ship_7

Além de 50 mil residentes permanentes, o Freedom Ship teria espaço para receber 30.000 visitantes diários, mais uma tripulação de 20.000 pessoas e 10.000 convidados durante a noite.

cidade-sobre-aguas-freedom-ship_5

A embarcação está apenas em fase conceitual, até que os idealizadores possam levantar pelo menos US $ 1 bilhão para começar a construção.

[Daily Mail]

veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!