Pen drives têm se tornado cada vez mais populares ultimamente, devido à sua praticidade. Praticamente todo geek carrega pelo menos um na mochila, ou no bolso da calça jeans, no estojo de canetas etc. Já que ele é tão prático assim, porque os cantores ainda insistem com os CDs? Copiar as músicas é normal, todo mundo já faz isso e disso eles não terão como fugir. Sendo assim, nada melhor do que transformar um álbum musical em um pen drive, assim os fãs teriam um “motivo a mais” para comprar o álbum, certo?

Uma cantora pop chamada Ali Spagnola decidiu fazer isso, lançando seu mais recente álbum, o The Power Hour, em um pen drive em forma de copo. Veja mais informações a seguir.

Outra característica vantajosa dos pen drives é o fato deles terem alta capacidade de armazenamento ocupando um espaço pequeno, sendo assim a cantora “recheou” o álbum USB com 60 músicas. “Eu queria fazer com que o The Power Hour se tornasse um objeto que as pessoas pudessem ter”, disse a cantora. “Com este formato as músicas se tornam mais interessante do que apenas ‘arquivos que podem ser baixados'”, afirma.

O álbum vem com um cordão, para que possa ser usado no pescoço, e pode ser usado também para beber bebidas sim senhor! “É o presente perfeito para quem gosta de música e de beber” relata a cantora. De acordo com ela o álbum levou cerca de 2 anos pra ficar pronto. A ideia com o álbum era criar um “jogo” em que cada pessoa tomasse 60 doses de bebida escutando 60 músicas em 60 minutos.

Ali não é a primeira cantora a lançar um álbum em forma de pen drive, em 2010 a banda de rap americana Get Busy Committee lançou seu álbum ‘Uzi Does It’ em um pen drive com o formato de metralhadora e em 2011 a DJ canadense Deadmau5 lançou seu álbum em um pen drive de 4GB. Não há informações sobre a capacidade em gigabytes do álbum de Ali Spagnola.

[Via Ubergizmo]

veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!

close-link