Todos nós sabemos (pelo menos até hoje não existem provas) que os zumbis não existem. Mas vamos imaginar que eles existissem e que você estivesse cercado por eles. O que você preferiria, morrer devorado por eles ou ter que encarar viver dentro desta lata de sardinha enorme e enferrujada? Talvez em um primeiro momento tenha optado por viver. Mas acredite, dentro dela você provavelmente morreria por tétano ou por fome ou por diversos outros motivos. Os zumbis sem dúvida fariam isso de forma muito mais rápida e eficiente. Além do aspecto inseguro e enferrujado a cabine possui alguns itens #fail de ‘sobrevivência’ dentro dela, algo que faria dos seus últimos momentos de vida momentos de tortura.

Dentro dela você encontrará uma mesa de metal, um banheiro, um bebedouro e um banco duro – que não dá pra dormir em cima – para se sentar e esperar e esperar e esperar. O fogão à lenha existe para mantê-lo aquecido, mas pra isso terá que se lembrar de carregar consigo um isqueiro e alguns troncos de madeira de emergência no bolso como lenha. A iluminação é elétrica, esqueá painéis solares ou algo criado para ajudar quem precisa sobreviver de alguma coisa.

O “vaso sanitário” também ganha a etiqueta #fail no projeto. Isto porque todo o material depositado cai diretamente no chão. Se cai no chão então entendemos que existe uma abertura, correto? Se existe uma abertura, há uma enorme possibilidade de um zumbi mais “espertinho” entrar por baixo e comer a salsicha do seu cachorro-quente enquanto estiver meditando no trono. Uma total e óbvia falha de projeto.

Lembro-me que até hoje só inventaram alguns kits de proteção contra zumbis contendo machados, armas e munição, mas nada parecido com esta cabine. Apesar de se tratar de um projeto catastrófico eu achei interessante, mas não consegui encontrar muitas informações sobre a cabine. Muito provavelmente ela tenha sido criada para proteger pessoas de guerras, pragas ou qualquer outra coisa parecida, mas se algum dia uma infestação de zumbis acontecer e precisarmos utilizar algo do tipo preste atenção aos detalhes e lembre-se, a melhor saída poderá ser correr bastante ou, em último caso, se entregar para aliviar o sofrimento. Ah, não se esqueça dos troncos. 😉

[Via technabob]

Tags:
veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!

close-link