Boliche: Robô vs. Humano. Quem ganha? (com vídeo)

Por: - 22/10/10 às 09:34 am
65 visualizações
CuriosidadesEsporte e LazerRobóticaVídeos

De um lado o EARL (“Enhanced Automated Robotic Launcher” ou Lançador Robótico Automatizado e Melhorado), do outro lado Chris Barnes. O robô faz parte da segunda geração de robôs que jogam boliche. Ele atira bolas de boliche a aprox. 40 km/h rotacionando-as em até 900 RPM, muito mais rápido do que um humano consegue fazer. Isso nos leva a crer que o robô seja muito melhor do que seres humanos. O problema é que seu concorrente, Chris Barnes, possui 12 títulos no PBA Tour – um importante torneio de boliche nos EUA – e ganhou o último Aberto dos EUA e o último Torneio dos Campeões. Pelo jeito a briga vai ser boa! Curioso em saber o resultado? Assista o vídeo a seguir.


O resultado do game foram muitos strikes para EARL mas alguns spares. Chris se deu bem cravando 7 strikes seguidos. Para facilitar o entendimento pra quem não conhece boliche, se fosse em uma partida de Street Fighter II, Chris teria dado um “Perfect” no robô. O grande ‘xis’ da questão é que o boliche é um jogo que depende muito de variáveis aleatórias da física. O robô é capaz de repetir exatamente o mesmo movimento, mas nem sempre os pinos voltam precisamente para o mesmo lugar. Na partida, a experiência de Chris falou mais alto. Pelo jeito nosso amigo robótico precisa ainda de alguns ajustes. Vamos ver se a terceira ou quarta geração chega lá um dia.

[Via Botjunkie]

veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!

close-link