online-pass-ea

Acabou a brincadeira. John Reseburg, diretor sênior de comunicações corporativas da EA (conhece?), anunciou que nenhum dos próximos títulos da produtora virá com o já conhecido pelos gamers “Online Pass”.

Se você caiu de paraquedas aqui e não sabe do que eu estou falando, eu explico. O Online Pass nada mais é que um brinde dado pelas produtoras de jogos a alguns sortudos que compram uma edição limitada do jogo, ou em alguns casos para todos os compradores. Esse brinde serve para ativar recursos dentro dos jogos que normalmente seriam pagos, mas para disseminar o tal do Online Pass alguém tinha que levá-los de graça, certo? Grandes jogos como ‘Need for Speed – Most Wanted 2012’ por exemplo, vinham com um Online Pass gratuito que libera carros como o Porsche 911 Carrera S e ativa o modo multiplayer, ou God of War: Ascencion (eu sei que não foi a EA que produziu esse…) que te libera um pacote de downloads que incluem uma tema dinâmico para o seu PS3, trilha sonora oficial, 48 horas de XP aumentada no modo multiplayer etc e etc.

Entendido isso vamos prosseguir: De acordo com Reseburg, o cancelamento deve-se às reclamações dos próprios usuários, que se mostraram insatisfeitos com os Online Pass dos jogos da EA devido ao formato oferecido pelo serviço deles. Sinceramente, eu acho que Reseburg entendeu errado, ou se cansou das reclamações. O problema com o Online Pass da EA não é o formato oferecido por ele, mas sim o conteúdo que ele estaria disponibilizando. Liberar músicas ou um carro que vou poder escolher no decorrer do jogo não é o que eu chamo de algo especial. Teria que ser algo realmente único e cobiçado por outros que não têm o bendito código. O tema dinâmico de God of War: Ascencion é um bom exemplo, mas é só o começo.

Infelizmente não podemos dizer isso a ele pessoalmente, o que resta então é aceitarmos a decisão do sujeito e tentar descobrir o que eles farão para suprir o Online Pass, se é que farão isso…

veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!