ios7-apple-keynote
maverick-apple-keynote_2

Finalmente aconteceu ontem a tão esperada WWDC 2013, evento da Apple voltado especialmente aos desenvolvedores de aplicativos e afins para os sistemas da maçã. Evento que foi esperado ainda mais por conta do hiato que teve as apresentações da Apple – a última foi em Outubro de 2012 – e que nos trouxe novidades como o iOS 7 e o OS X Mavericks. Levantamos os principais pontos do evento e dos sistemas lançados ontem. Confira os detalhes a seguir:

Há muito a Apple vem sendo criticada pela demora na renovação dos sistemas operacionais e também por estar atrasada em alguns aspectos com relação aos seus concorrentes. Eu me incluo nesse grupo que reclamava, cheguei até a vender meu iPhone para testar outros smartphones, até porque o iOS 6, último sistema operacional para iPhone, iPad e iPod lançado até ontem, ainda tinha características do seu primeiro lançamento há quase 6 anos atrás. Esta já é uma reclamação antiga, vem desde a era Steve Jobs e quando ele se foi, todos nós Apple fans ficamos preocupados com o futuro dos nossos queridos produtos.

Minha preocupação acabou. Tim Cook fez a abertura da conferência, como já era totalmente esperado, e nos mostrou o avanço da Apple no último ano: 6 milhões de desenvolvedores registrados, 407 lojas em 14 países, 5 anos de existência da Apple Store totalizando 50.000.000.000 de apps baixados, US$ 10.000.000.000,00 já foram pagos a desenvolvedores e muito mais.

apple-keynote_4

Um dos primeiros temas do Keynote de ontem foi o OS X Mavericks, apresentado pelo Craig Federighi. A explicação para o novo sistema não ter um nome de um felino é que se eles continuassem assim o próximo sistema se chamaria OS X Leão Marinho! Eles até brincaram com o tema…

apple-keynote_5

O OS X Mavericks, tem esse nome inspirado na República da Califórnia, “onde tudo é construído”. As principais novidades dele são:

  • As abas no Finder, iguais as usadas no Safari;
  • Tags nos arquivos(trabalho, faculdade, viagem), possibilitando a fácil localização dos arquivos mesmo em pastas separadas, tudo sincronizado com o Spoltight e o iCloud;
  • Suporte a multiplo monitores melhorado. Não teremos mais problemas com aplicativos em tela cheia funcionando em vários monitores. Mission Control também funcionando normalmente em múltiplos monitores, finalmente;
  • A técnica drag & drop está funcional agora em quase 100% do novo sistema;
  • O Mavericks trabalha muito melhor com a memória, aumentando a atividade da CPU em até 72%;
  • O acesso ao Gerenciados de Chaves agora é feito pelo iCloud, tudo criptografado e bem guardado também guardando seus cartões de crédito e tudo o mais relacionado a nossa identidade.
  • As notificações no OS X também tiveram uma atualização, e agora são sincronizadas com os iDevices. Ao ler uma notificação no iPhone ela é apagada de todos iDevices. Além disso elas aparecerão também na tela bloqueada;
  • O Maps foi incluído no OS X, muito bonito e com bastante fluidez ao andar sobre os mapas e com visão em 3D! Tudo sincronizado com os iDevices. Com 2 cliques já é possível mandar a rota feita no Mac para seu iPhone;
  • iBooks também chega ao OS X Mavericks com um visual bem clean e livros interativos criados com o pacote iWork;
  • Novo calendário, incluindo a função drag & drop para eventos e integrado ao Maps. Ele te avisa sobre um compromisso levando em consideração a seu deslocamento do seu local atual até o destino!
  • O Safari também traz muitas novidades, entre elas uma nova sidebar que inclui os favoritos, a lista de leitura e os links compartilhados nas redes sociais conectadas ao iCloud! Incrível! Além disso ele também foi melhorada visando o melhor aproveitamento da bateria. Por exemplo, ao assistir um vídeo em 1080p em uma aba na versão atual ela consome muito processamento, mesmo quando não está sendo exibida; mas agora ao cobrir essa apresentação o processamento despenca e temos uma economia de energia e uma melhor performance do sistema.

Logo depois subiu ao palco Phil Schiller para apresentar os novos Macbooks Air e Mac Pro.

O Macbook Air teve sua autonomia aumentada em até 5 horas, processadores de 4ª geração da Intel (a familia Haswell ULT), WiFi IEEE 802.11ac que é muito mais rápido que o padrão atual. Os preços abaixo:

apple-keynote_6

O Mac Pro não teve uma simples atualização de hardware, ele foi totalmente reformulado. Com uma apresentação falando sobre “o futuro dos desktops profissionais” eles apresentaram o brinquedo abaixo:

Não, isso não é um liquidificador. Isso é o novo Mac Pro com novo processador Xeon, memórias DDR 1866MHz e banda de 60Gbps, Thunderbolts 2(!) de 20Gbps e suporte a até 3 monitores com resolução 4K. Ele já adiantou que o Final Cut Pro vai ter suporte a isso. Ele será fabricado nos EUA e será lançado ainda em 2013.

Depois de várias métricas apresentadas, comparando o Android com o iOS, Tim Cook apresenta um vídeo lançando a iOS 7. Como esperado no vídeo Jony Ive fala que essa é a maior mudança desde seu primeiro lançamento e que todas as mudanças foram feitas visando sempre a experiência. Craig Federighi volta ao palco e apresenta a iOS 7:

  • A nova tela bloqueada é mais limpa, com menos elementos cobrindo a imagem de fundo;
  • Novos ícones com uma nova paleta de cores, tudo pensando mais clean;
  • O iOS 7 usa o Paralax que o usuário veja atrás dos ícones quando move o iDevice, dando uma idéia de 3D;
  • Vários Apps nativos foram redesenhados: Calendário, Game Center, Mensagens, Relógio, Bolsa, Bússola, Mail entre outros;
  • Esqueça todas animações da iOS 6, aqui tudo foi renovado;
  • A Central de Notificações foi separada em 2, esqueça os JailBreaks para controlar o WiFi, brilho e volume pela Central. Agora puxando de baixo para cima temos uma Central de Controle onde controlamos o player de música, volume, brilho, conexões do iDevice entre outras coisas. E ainda temos a Central de notificações já conhecida, mas agora com abas;
  • O iOS 7 também fará um melhor gerenciamento da bateria, similar ao OS X Mavericks;
  • Também tem um novo gerenciamento da memória, ele coloca os apps mais utilizados em um espaço onde são carregados mais rapidamente, também similar ao gerenciamento de disco híbrido dos novos MacBooks;
  • O Safari também atualizou aqui, com sincronização de abas com os outros iDevices, e uma nova visualização de abas tridimensional;
  • O AirDrop para iOS finalmente chegou, (chega de Bump, como disse o próprio Craig Federighi);
  • O novo app da Câmera vêm agora com diversos filtros, rumor confirmado;
  • O app Fotos agora tem uma nova organização por momentos, e com comandos por gestos podemos passar da organização por dias para meses, e depois para anos. Coloque esses mesmo exemplo para cidades, estados e países. Tudo isso com um simples gesto de zoom sobre o álbum;
  • Compartilhamento de conteúdo ficou bem mais fácil agora, tudo pode ser feito direto da foto ou vídeo e com o AirDrop as possibilidades aumentaram e muito;
  • Siri foi redesenhado e agora aceita comandos como “ligar o Bluetooth”, “aumentar o brilho da tela”. Claro que essas comandos seriam em inglês, sem datas para o suporte em Pt-Br;
  • iTunes Radio finalmente chegou, totalmente integrado ao player de música nativo permite criar suas próprias estaçõs pelo estilo musical, cantor, etc, tudo na nuvem;
  • Finalmente teremos o bloqueio de ligações! Ele criará uma lista negra nos contatos, incluindo e-mail, mensagens e até chamads no FaceTime.

Veja tudo isso citado acima no vídeo de apresentação da iOS 7:

Essas foram os principais lançamentos do Keynote 2013, além do anuncio do pacote iWork para iCloud e o iOS in the car, onde um sistema da Apple funcionará dentro dos computadores de bordo de montadoras como GM Motors, Mercedez Benz, Ferrari, Honda, Hyundai, Nissan, Kia, Volvo entre outras como mostra o vídeo abaixo:

Também foi mostrado uma nova tecnologia produzida pela Anki. Essa tecnologia traz os jogos para o mundo real. Os carros do vídeo abaixo são controlados por iOS e reconhecem os obstáculos e seus oponentes, tomando decisões a partir de comandos no iOS. Nada explica melhor que a demonstração, que teve uma pequena falha mas valeu muito a pena:

Para os Apple Fans esse Keynote foi um alívio. A Apple (e o Tim Cook) provou que não desistiu da inovação e que ainda vai continuar nos surpreendendo. Mesmo assim existem mercados em expansão que a Apple ainda não está guerreando como por exemplo o dos notebooks conversíveis ou dos tablets com um verdadeiro sistema operacional como o Windows 8. Com o iPad Mini aprendemos que a Apple corre atrás dos mercados onde está perdendo, então será que podemos esperar algo relacionado a isso? Será que o primeiro passo dessa corrida foi dado ontem?

Tags:
veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!